Menu
Busca segunda, 03 de agosto de 2020
RIBAS DO RIO PARDO

Polícia Civil prende homem por violência doméstica contra a ex e a atual companheira

30 julho 2020 - 12h30Por PC-MS

Na tarde desta quarta-feira (29), o Setor de Investigações Gerais da Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo prendeu, em flagrante, um homem de 24 anos, suspeito de praticar vários delitos com violência doméstica em face tanto da ex quanto da atual companheira.

Segundo apurado, uma das vítimas que convivia com o suspeito há aproximadamente um mês, teria sido agredida por ele na noite de anterior (28). Na mesma ocasião, o homem danificou o aparelho celular e o veículo da vítima. Não bastasse, a ameaçou de morte, dizendo que ela morreria caso terminasse o relacionamento.

Como essa mulher não era de Ribas do Rio Pardo, mas de Campo Grande, e não conhecia muita gente na cidade, conseguiu sair da residência do casal e procurar ajuda à ex-mulher do suspeito, conhecendo-a apenas por foto e redes sociais. A vítima pediu para pernoitar com seus dois filhos pequenos na casa da ex-companheira do suspeito. A ex, comovida com a situação, permitiu que a vítima dormisse com as crianças em sua residência.

Nesta quarta-feira, o suspeito soube que sua mulher estava na casa da ex e, por essa razão, ligou para esta última questionando seu comportamento, dizendo que sua ex-companheira “estaria ferrada por dar moradia à atual mulher”. Ele efetuou essa ligação mesmo tendo ciência de que a ex possuía medidas protetivas que o proibia de manter com ela qualquer tipo de contato ou ainda de se aproximar, observando uma distância mínima de 100 metros.

Logo após a ligação, o suspeito foi até a casa da ex, descumprindo, mais uma vez, as medidas protetivas, e pediu para conversar com a atual mulher. Do portão, o suspeito tornou a proferir novas ameaças contra as duas mulheres.

As duas vítimas acionaram a Polícia Civil.

Em diligências, Investigadores de Polícia, acompanhados da Autoridade Policial, conseguiram localizar o suspeito nas imediações de uma oficina mecânica.

O homem recebeu voz de prisão por suspeita de praticar vários crimes mediante violência doméstica, ou seja, lesão corporal dolosa, dano e duas ameaças contra a atual companheira e dois crimes de descumprimento de medidas protetivas e um delito de ameaça contra a ex-mulher. Ele está custodiado à disposição da Justiça e poderá pegar até 09 anos de prisão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTADO
Campanha “Agosto Lilás” marca combate da violência contra a mulher em Mato Grosso do Sul
ECONOMIA
Mercado financeiro prevê redução da Selic para 2% ao ano nesta semana
NOTÍCIAS
TJMS alerta para golpe de falsos leilões de automóveis
FINANÇAS
Governo deposita salários do funcionalismo nesta segunda-feira (3)