Menu
Busca quinta, 26 de novembro de 2020

Polícia quer ouvir parentes de jovem encontrada morta

15 setembro 2011 - 15h50
Polícia quer ouvir parentes de jovem encontrada morta

Folha


O DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa) deve ouvir nos próximos dias os parentes mais próximos da estudante Bianca Ribeiro Consoli, 19, que foi encontrada morta dentro de casa, em São Paulo, na noite de terça-feira (13).

Ainda não há uma data definida para os depoimentos, que podem ajudar a polícia a esclarecer o assassinato da jovem.

Bianca foi enterrada por volta das 9h desta quinta no cemitério Curuçá, em Santo André (Grande São Paulo). O enterro foi acompanhado por muitas pessoas, entre parentes e amigos da estudante.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, os pais de Bianca Ribeiro Consoli estavam trabalhando e ela estava sozinha em casa, na zona leste de São Paulo, quando foi assassinada.

A tia dela, que mora ao lado, estranhou ao ver as janelas da casa abertas, com todas as luzes e TVs ligadas. O portão estava trancado.

Quando a mãe da jovem chegou, chamou um primo de Bianca, de 10 anos, para pular o portão e abri-lo por dentro.

Os familiares, então, entraram na casa e encontraram a jovem estendida na sala, perto de uma porta que dá acesso à sacada.

Ela estava com ferimentos no pescoço e chegou a receber atendimento médico pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu.

Alguns móveis da casa estavam revirados, mas nada foi roubado. O caso é investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa).

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLÊNCIA NA FRONTEIRA
Corpos de três brasileiros e um paraguaio são encontrados com sinais de tortura na fronteira
NOTÍCIAS
Saiba como solicitar antecipação de julgamento e sustentação oral em sessões do TJMS
DETRAN-MS
Ponta Porã recebe sistema para pagamento de guias com cartões de débito
ECONOMIA
Déficit primário do Governo Central atinge R$ 3,56 bilhões em outubro