Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020

Polícia quer ouvir parentes de jovem encontrada morta

15 setembro 2011 - 15h50
Polícia quer ouvir parentes de jovem encontrada morta

Folha


O DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa) deve ouvir nos próximos dias os parentes mais próximos da estudante Bianca Ribeiro Consoli, 19, que foi encontrada morta dentro de casa, em São Paulo, na noite de terça-feira (13).

Ainda não há uma data definida para os depoimentos, que podem ajudar a polícia a esclarecer o assassinato da jovem.

Bianca foi enterrada por volta das 9h desta quinta no cemitério Curuçá, em Santo André (Grande São Paulo). O enterro foi acompanhado por muitas pessoas, entre parentes e amigos da estudante.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, os pais de Bianca Ribeiro Consoli estavam trabalhando e ela estava sozinha em casa, na zona leste de São Paulo, quando foi assassinada.

A tia dela, que mora ao lado, estranhou ao ver as janelas da casa abertas, com todas as luzes e TVs ligadas. O portão estava trancado.

Quando a mãe da jovem chegou, chamou um primo de Bianca, de 10 anos, para pular o portão e abri-lo por dentro.

Os familiares, então, entraram na casa e encontraram a jovem estendida na sala, perto de uma porta que dá acesso à sacada.

Ela estava com ferimentos no pescoço e chegou a receber atendimento médico pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu.

Alguns móveis da casa estavam revirados, mas nada foi roubado. O caso é investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa).

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Congresso marca três reuniões para analisar todos vetos presidenciais
MATO GROSSO DO SUL
Governo divulga resultado preliminar de processo seletivo para área da saúde
GERAL
Anvisa quer reforçar medidas contra covid-19 em aeroportos e aeronaves
ANTÔNIO JOÃO
Polícia Civil prende foragido da justiça procurado pela prática de falsidade ideológica