Menu
Busca quinta, 18 de outubro de 2018
(67) 9.9973-5413
BELLA VISTA DO NORTE

Quadrilha que atuava no Comando Vermelho é desarticulada na fronteira

10 outubro 2018 - 14h15Por Luiz Guilherme

A Secretaria Nacional Antidrogas (Senad), desarticulou na manhã desta quarta-feira (10/10), uma quadrilha que atuava no Comando Vermelho, na cidade de Bella Vista do Norte, cidade que faz fronteira com o município brasileiro de Bela Vista. 

De acordo com os agentes, o nome da facção também é conhecida como ‘Samura’, que agia principalmente no transporte aéreo de drogas do Paraguai e demais regiões vizinhas.

Durante a operação foram presos dez integrantes da facção criminosa entre eles o líder do bando que seria o elo entre outras facções criminosas que atuam em Amambay, Canindeyu e Concepcion no Paraguai com possíveis ramificações em território brasileiro. Segundo o diretor Arnaldo Giuzzio, o líder estava foragido da justiça desde 2011, quando foi apreendido 370 quilos de cocaína que seriam de propriedade do mesmo.

A identidade dos outros presos durante a operação, não foram divulgados pela Senad que encaminhou os mesmos à base de operação na capital do Paraguai.

O presidente do Paraguai, Marito Abdo parabenizou a ação dos agentes em sua conta do Twitter. 

Felicitamos a la @senad_paraguay por este nuevo golpe al narcotráfico! Detienen a un presunto líder buscado del Comando Vermelho ala paraguaya, alias “Samura” en la zona de Bella Vista Norte en Amambay, frontera con Brasil. Sigamos adelante!

Traduzindo: Felicitamos a la @senad_paraguay por este novo golpe contra o narcotráfico! Detectar um navio liderado pelo Comando Vermelho ala paraguaya, vulgo “Samura” na zona de Bella Vista Norte em Amambay, frontera con Brasil. Sigamos adelante!

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Dupla é presa com mais de 2 toneladas de maconha escondidas em caminhão
EDUCAÇÃO
Seguem abertas inscrições para Vestibular 2019 e Passe UFMS
PEDRO JUAN
Suspeita de envolvimento em roubo a vereador douradense é executada na fronteira
ELEIÇÕES 2018
Mesários poderão registrar eventual falha ou fraude de urna em aplicativo para investigação