Menu
Busca terça, 02 de março de 2021

Skinhead suspeito de matar punk em briga é indiciado por homicídio

20 setembro 2011 - 15h40
Skinhead suspeito de matar punk em briga é indiciado por homicídio

IG

A Polícia Civil indiciou, nesta terça-feira, Guilherme Lozano Oliveira, de 20 anos, suspeito de ter matado o estudante punk Johni Raoni Falcão Galanciak, de 25, após uma briga entre grupos punks e skinheads em São Paulo. A delegada da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerânciado Decradi (Decradi), Margarette Correa Barreto, afimou que Guilherme responderá por homicídio doloso, quando há intenção de matar.

A briga ocorreu na madrugada do dia 4 em frente a um bar, na Rua Cardeal Arcoverde, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Após ser reconhecido por testemunhas, o jovem skinhead foi preso teve a prisão temporária decretada. Segundo Margarette, em depoimento à polícia, Guilherme afirmou no depoimento que estava no local da briga, mas que não teria matado Galanciak, seu ex-amigo.

Briga

A briga ocorreu em frente ao bar Carioca Club, onde seria realizada a apresentação da banda punk inglesa Cook Sparrer. O boletim de ocorrência registrado no 14° DP, de Pinheiros, afirma que policiais militares chamados ao local viram um tumulto envolvendo cerca de 200 pessoas e pediram apoio.

Quando as facções se encontraram, segundo a PM, começou uma briga generalizada que só foi dissipada com a chegada de policiais do 23º Batalhão da Polícia Militar. Após a multidão se dispersar apenas oito pessoas e os dois feridos permaneceram no local. Os policiais disseram não terem presenciado as agressões, não podendo identificar os participantes da briga.

Texto: enviar por e-mail Skinhead suspeito de matar punk em briga é indiciado por homicídioEm depoimento à polícia, Guilherme Lozano nega o crime. Johni Raoni foi esfaqueado durante briga em frente a um bar em Pinheiros, zona oeste de São Paulo Seu nome Seu e-mail E-mail do destinatário(Para mais endereços, separe-os com vírgulas) * Mensagem
* campos são obrigatórios

corrigir Skinhead suspeito de matar punk em briga é indiciado por homicídioEm depoimento à polícia, Guilherme Lozano nega o crime. Johni Raoni foi esfaqueado durante briga em frente a um bar em Pinheiros, zona oeste de São Paulo Seu nome Seu e-mail Mensagem
* campos obrigatórios

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Após denúncias de vizinhos, PM estoura boca de fumo
POLÍTICA
Lira confirma para hoje votação de texto que facilita compra de vacina
PRIORIDADE
Covid-19: governador volta cobrar liberação de "mais vacinas em menor tempo"
EDUCAÇÃO
Inep disponibiliza gabaritos da reaplicação do Enem 2020