Menu
Busca quinta, 21 de março de 2019
(67) 9.9973-5413
BANNER ÁGUA
PARAGUAI

Suposto líder de facção e foragido da justiça morre em confronto com a polícia

06 março 2019 - 14h00Por Luiz Guilherme

Durante um confronto com a polícia ontem (5/3), no Estado de Canindeyú, na Villa Ygatim, no Paraguai, morreu um Reinaldo de Araújo, que supostamente seria um dos chefes do PCC (Primeiro Comando da Capital). 

O local fica a 90km do município brasileiro de Paranhos. 

De acordo com a imprensa paraguaia, os policiais da Direção de Investigadores de Casos Puníveis, com o apoio dos agentes do serviço de inteligência e da Fope (Força de Operações Policiais Especializadas) realizavam busca e apreensão na região quando encontraram um acampamento do narcotráfico. 

No acampamento estava uma grande quantidade de droga a pronta entrega, o que segundo os agentes, seria comercializada nas grandes capitais do Brasil. 

Com Thiago Ximenes, o ‘Matrix’, Reinaldo fugiu do quartel da Agrupación Especializada, grupo de elite da Polícia Nacional, em dezembro de 2018. 

O confronto

A imprensa paraguaia não deu maiores informações de como teria ocorrido o confronto. Thiago continua sendo procurado pela polícia, já que conseguiu escapar.  

Condenado a 20 anos de prisão em território paraguaio, ‘Matrix’ foi preso em Ciudad del Este em 2014, por participar do assalto a um carro-forte. Ele já havia fugido de outro presídio daquele país junto com outros 12 bandidos.

Reinaldo de Araújo, com 25 anos de reclusão a cumprir, foi condenado pelo assassinato de sua companheira quando era peão de uma fazenda. O irmão dele Luciano Aparecido de Araújo de Souza também foi condenado pelo crime. Meses atrás, Reinaldo esfaqueou um policial que vistoriava sua cela, no quartel de onde fugiu.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO DOS FAMOSOS
Luana Piovani esclarece separação com Scooby: "Nossas vontades estão distintas"
GERAL
Programa busca integrar usuários da assistência social ao mundo trabalho
POR CAUSA DA CHUVA
Imasul emite alerta de possibilidade de inundação no rio Miranda
21 DE MARÇO
Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial