Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020

Governo garante a Delcídio R$ 68,5 milhões do PAC/FUNASA para MS

Título Interno

10 dezembro 2011 - 20h21
Divulgação (TP)

O governo federal vai destinar R$ 68,5 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento da área de saneamento, conhecido como PAC/FUNASA, para investimentos na implantação de redes de esgoto, abastecimento d’àgua e melhorias sanitárias domiciliares em 28 municípios de Mato Grosso do Sul. A relação das cidades contempladas foi entregue na noite desta quinta-feira, 8 de dezembro, pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, ao senador Delcídio do Amaral (PT/MS).

“Isso é fruto de um trabalho duro que eu e a bancada que representa o nosso estado em Brasília, coordenada pelo deputado Geraldo Resende (PMDB), desenvolvemos ao longo dos últimos meses para garantir saneamento e água tratada ao maior número possível de municípios sul-mato-grossenses. Depois de muitas negociações e da análise das propostas apresentadas pelas prefeituras, o governo definiu os projetos a serem financiados, seja através de repasse direto para as prefeituras ou via governo do estado, para que a Sanesul execute as obras”, revelou o senador.

Delcídio disse que provavelmente até o final do ano todos os recursos estarão disponíveis.

“Nesta quinta-feira mesmo começou o empenho das verbas, sendo R$ 2,1 milhões para Eldorado, R$ 1,5 milhão para Ivinhema e R$ 1,9 milhão para Ribas do Rio Pardo. Agora vamos correr contra o tempo para que até o dia 31 sejam feitos os 25 empenhos que faltam. Essas obras são muito importantes porque garantem mais saúde e qualidade de vida para a população”, disse o senador.

O PAC FUNASA foi criado pelo governo federal para implantar redes de distribuição de água e esgotamento sanitário, coleta de lixo e limpeza urbana em regiões carentes, com prioridade para municípios com até 50 mil habitantes e grupos sociais especiais, como as comunidades quilombolas, indígenas, assentamentos rurais, além das áreas de interesse epidemiológico.

De acordo com Delcídio, em Mato Grosso do Sul os recursos foram assim distribuídos :

- Implantação de rede de esgoto : R$ 60,9 milhões
- 16 municípios contemplados : Anastácio, Aparecida do Taboado, Aral Moreira, Eldorado, Fátima do Sul, Itaporã, Jateí, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Lavorada do Sul, Nova Andradina, Paranaíba, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante e São Gabriel do Oeste.


- Rede de abastecimento d`água : R$ 2,6 milhões
- 2 municípios contemplados : Camapuã e Ivinhema


- Melhorias sanitárias domiciliares : R$ 5 milhões
- 10 municípios contemplados : Antonio João, Aquidauana, Coronel Sapucaia, Costa Rica, Guia Lopes da Laguna, Japorã, Nioaque, Rio Verde, Santa Rita do Pardo e Selvíria.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Mato Grosso do Sul brilha no Brasileiro de Canoagem Maratona e conquista 16 medalhas
PGE
Adesão de advogados é imprescindível para sucesso do Acordo Direto em precatórios
BOLETIM COVID
De cada 100 testes de Covid em MS metade tem dado positivo
SAÚDE
Butantan anuncia que testes da CoronaVac chegaram à fase final