Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021

Lista do TCE tem 158 políticos com contas reprovadas em MS

05 julho 2012 - 13h10
Campograndenews


A Justiça Eleitoral recebeu a lista do TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado) com 158 gestores que tiveram suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas entre julho de 2004 e julho de 2012.

Conforme o presidente do TCE, conselheiro Cícero Antônio de Souza, compete à Justiça Eleitoral decidir se o gestor fica inelegível, ou seja, proibido de participar das eleições deste ano.

Na lista, aparecem Acir Kauas (ex-prefeito de Selvíria), Abel Nunes Proença (ex-prefeito de Porto Murtinho), Carlos Roberto Saravy de Souza (ex-prefeito de Guia Lopes da Laguna), Cláudio Nascimento da Paixão (ex-prefeito de Terenos), Daltro Fiuza (prefeito de Sidrolândia), Dilson Deguti Vieira (ex-prefeito de Fátima do Sul), Diogo Robalinho de Queiroz (deputado estadual e ex-prefeito de Paranaíba), Francisco Cezário de Oliveira (presidente da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul).

Além de Laurentino Pavão de Arruda (ex-vereador de Naviraí), Neder Afonso da Costa Vedovato (prefeito de Miranda), Nelson Cintra Ribeiro (prefeito de Porto Murtinho), Neri Muncio Compagnoni (ex-prefeito de Juti), Ramão Francisco Anis Martins (ex-prefeito de Bodoquena), Sergio Roberto Mendes (prefeito de Sete Quedas). A lista completa está disponível no http://www.tce.ms.gov.br/portal/ContasIrregulares.

Segundo a legislação, são inelegíveis os que tiverem as contas rejeitadas por irregularidade insanável e que configure ato doloso de improbidade administrativa, por decisão irrecorrível do órgão competente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Saúde atualiza plano de vacinação com novas categorias na prioridade
BATAGUASSU
Polícia Militar apreende mercadorias descaminhadas
IMUNIZAÇÃO
Vacinas já distribuídas atendem cerca de 10% dos públicos prioritários
BRASIL
Justiça lança projeto-piloto para redução da oferta de drogas ilícitas