Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021

Além da estiagem, o cheiro de queimada: 4ª feira será de umidade em 15%

05 setembro 2012 - 00h00Por Fonte: CGNews
Para se ter noção da baixa umidade desta quarta-feira não precisa muito. É só por o nariz pra fora de casa e sentir o cheiro de queimada no ar, fumaça que junto da poeira toma conta da cidade. Hoje Campo Grande amanheceu com índice em 40%. Isso Às 7h da manhã. Para a tarde, a notícia da meteorologia não é nada agradável, os valores podem atingir facilmente, os 20%.

A estiagem que já beira os 50 dias torna obrigatória a companhia de umidificadores de ambiente. Os aparelhos ou os métodos tradicionais, de baldes d’água e toalha molhada não deixam os campo-grandenses nesta época. E permanecem pelos próximos dias. Com índice tão baixo a imunidade não resiste e é quase uma missão impossível não se deixar levar pelas doenças respiratórias e alérgicas do momento. Chuva também é saúde.

A temperatura mínima registrada hoje foi às 6h, de 23,3°C, de acordo com a estação meteorológica da Base Aérea. Já no começo do expediente da maioria dos campo-grandenses, os termômetros já batiam os 25°C, ‘fichinha’ perto do valor que ainda pode chegar, de 37°C.

A névoa seca continua pelo menos até sexta-feira e para todo o Estado. Agora haja força para aguentar os números nada proporcionais. Enquanto a umidade fica abaixo de 15% em todo Mato Grosso do Sul, os termômetros marcam as máximas. Se os 37°C previstos para Capital já causavam reclamação, imagina passar o dia em Corumbá? Para a região do Pantanal, a máxima prevista é de 41°C. Isso mesmo, acima de 40°C também em Bonito.

Coxim e Três Lagoas, os termômetros marcam 39°C e Dourados, 35°C.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Saúde atualiza plano de vacinação com novas categorias na prioridade
BATAGUASSU
Polícia Militar apreende mercadorias descaminhadas
IMUNIZAÇÃO
Vacinas já distribuídas atendem cerca de 10% dos públicos prioritários
BRASIL
Justiça lança projeto-piloto para redução da oferta de drogas ilícitas