Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020

Ex-dependente roda o mundo para livrar jovens das drogas

08 fevereiro 2016 - 11h15Por Correio do Estado
"De graça recebestes, de graça dai", Mateus 10:8. Inspirado nesta passagem bíblica, o ex-dependente químico José Antônio de Souza Filho, de 65 anos, quer agradecer a ajuda recebida quando ainda tinha 25 anos. Hoje, missionário itinerante, prega o evangelho cristão, sem bandeira de igreja, e já passou por 14 países, como voluntário. Com uma Bíblia na mão, uma caixinha de som e um microfone, José para em qualquer lugar para cumprir seu chamado divino.

Vindo do Rio de Janeiro, o missionário itinerante chegou em Campo Grande na quinta-feira (4) e, durante a manhã, aproveitou para falar com quem passava pela Praça Ary Coelho, um dos cartões postais da Capital sul-mato-grossense.

Com foco nos jovens usuários de drogas, o voluntário da ONG Remar quer resgatá-los, da mesma forma como foi resgatado no passado - com a palavra de Deus. A instituição está sediada em 70 países e além de evangelizar, hospeda e alimenta recuperandos.

"Resgatamos jovens, sem o uso de medicamento, temos terapeutas, psicólogos, mas nossa base de resgate, é a bíblia", conta José.

Em seu site Missões Pelo Mundo, José descreve que há 40 anos era um hippie, viciado em drogas e só procurava diversão. No auge da juventude, aos 23 anos de idade, teve distúrbios mentais ocasionados pelas drogas e foi internado em hospital psiquiátrico na cidade do Rio de Janeiro. Foi neste hospital que José sentiu o drama de ficar à beira da morte, e chegou a tentar suicídio.

"Decidi me isolar e passei a ler a Bíblia nos lugares secretos principalmente na beira do mar. Com o decorrer do tempo, sentia uma forte inspiração, e comecei a reagir de uma maneira satisfatória, sem influencia de nenhuma religião ou de líderes religiosos. A libertação eu alcancei única e exclusivamente, pelo poder do Evangelho de Cristo Jesus, que é o poder de Deus. E desde que recebi esta dádiva, senti um forte desejo de pregar o Evangelho em todos os segmentos da sociedade (sic)".

Em 24 de dezembro de 1974, José se batizou e começou o ministério de pregar em praças públicas, trens, presídios, hospitais, velórios, igrejas, escolas, casas de recuperação de dependentes químicos, rádio, e TV. José sempre trabalhou em grandes empresas, a última delas por exemplo, foi a Ibope e sempre conciliou com as pregações.

Depois de uma temporada na Capital, voluntário deve voltar a visitar outros estados e países, sempre com o mesmo objetivo: ajudar quem precisa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÃO
Dólar fecha abaixo de R$ 5,60 com recuperação da China e otimismo sobre vacina para Covid-19
ELDORADO
Polícia Militar apreende medicamentos contrabandeados
DOURADOS
Mais de 900 pacotes de cigarros contrabandeados foram apreendidos pelo DOF em residência
MUNDO NOVO
Polícia Militar recupera veículo roubado