Menu
Busca segunda, 19 de agosto de 2019
CAMPO GRANDE

Mulher vive como homem por quase 50 anos, e identidade só é descoberta após morte

04 fevereiro 2019 - 16h45Por Da redação

A morte de uma mulher sul-mato-grossense que por mais de 50 anos era reconhecida como homem está mobilizando investigadores de todo o Brasil. Lourival Bezerra de Sá, tinha 78 anos, e conforme reportagem do Fantástico, exibida ontem (3/2), a verdadeira identidade só foi descoberta, porque até então, Lourival, passou mal e teve um infarto fulminante em casa, na Capital de Mato Grosso do Sul. A morte foi registrada em outubro de 2018.

Ao dar entrada no IML (Instituto Médico Legal), os médicos legistas reconheceram que não se tratava de um homem e sim de uma mulher. 

Marcas foram encontradas na região dos seios, onde provavelmente era envolvida uma faixa para disfarce das mamas. Segundo a reportagem, Lourival era extremamente reservado e sua intimidade era protegida ao máximo. 

Para dormir ele vestia calça e cinto apertado, nem mesmo nos últimos dias de vida ele permitia ser lavado pela família. No trabalho tomava banho com portas fechadas e raramente era visto de shorts.

Agora, a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul busca respostas sobre a história de Lourival, mas não a que ele contou e sim aquela que ele decidiu esconder. Os investigadores buscam encontrar a família para conseguir liberar o corpo ao velório, caso contrário Lourival será enterrado como indigente. 

Ainda segundo a reportagem do Fantástico, as digitais de Lourival foram enviadas para todos os estados brasileiros na busca por informações que contribuam para a identificação.

Durante a vida ele registrou filhos, casou-se duas vezes e foi capaz de esconder de todos, inclusive da família, sua real identidade biológica. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

EVENTO
Colóquio estadual para migrantes, apátridas e refugiados discute nova lei da migração
TRÂNSITO
Motorista morre após bater em poste
POLÍCIA
Homem alega reconciliação, mas não escapa de pena por bater em mulher
POLÍCIA
Filho é preso ao tentar vingar morte de executado ao lado de criança de 8 anos