Menu
Busca sábado, 18 de janeiro de 2020
MS

Carreta da Justiça começa atendimento de 2020

15 janeiro 2020 - 11h15Por TJMS

O serviço da Carreta da Justiça retorna na próxima segunda-feira (20) na comarca de Alcinópolis, permanecendo até o dia 21. Na mesma semana, a unidade do Poder Judiciário de MS também atende a população de Figueirão (23 e 24/01). O calendário do ano de 2020 foi publicado e regulamentado pela Portaria nº 1.657/2019.

A população das cidades atendidas pela Carreta da Justiça tem a disposição os seguintes serviços:
- Reconhecimento de união estável e a conversão em casamento;
- Exame de DNA para investigação e reconhecimento de paternidade;
- Pedido de pensão alimentícia, execução e desoneração de alimentos;
- Pedido de guarda de menores;
- Conversão de separação judicial em divórcio e divórcio;
- Cobranças e outros pedidos da área cível.

Além disso, ainda são disponibilizados esclarecimentos sobre os serviços prestados pelo Poder Judiciário e os agendamentos já realizados para os processos que tramitam na comarca sede.

Calendário – Depois de atender Alcinópolis e Figueirão, serão atendidas as comarcas de Paraíso das Águas (10 e 11/02), Jaraguari (13 e 14/02), Corguinho (02 e 03/03), Rochedo (05 e 06/03), Paranhos (23 e 24/03), Tacuru (26 e 27/03), Aral Moreira (04 e 05/05), Antônio João (07 e 08/05), Caracol (25 e 26/05), Guia Lopes da Laguna (28 e 29/05), Ladário (22 e 23/06), Bodoquena (25 e 26/06), Selvíria (13 e 14/07), Santa Rita do Pardo (16 e 17/07), Taquarussu (03 e 04/08), Novo Horizonte do Sul (06 e 07/08), Jateí (31/08 e 01/09), Vicentina (03 e 04/09), Japorã (19 e 20/10), Juti (22 e 23/10), Laguna Carapã (09 e 10/11) e Douradina (12 e 13/11).

A Carreta da Justiça tem competência para atuar em processos cíveis, criminais e dos juizados especiais das comarcas ainda não efetivamente instaladas e que a escolha dos municípios e localidades a serem atendidas observa critérios técnicos e conveniência do Poder Judiciário.

Saiba mais – A Carreta da Justiça integra o programa Judiciário em Movimento, que torna 100% dos municípios sul-mato-grossenses sedes de comarcas. Desde que foi lançada, em agosto de 2016, a iniciativa está levando mais qualidade e conforto no atendimento ao jurisdicionado, que não precisa mais deslocar-se de sua localidade para receber os serviços da justiça.

A unidade móvel é uma miniatura de um fórum: gabinete do juiz, sala para Promotor, Defensor Público, sanitário, uma pequena copa e a varanda na frente para recepção das pessoas, o que totaliza 44 m². O objetivo da proposta é aproximar o Judiciário da população e dar cidadania às pessoas que nunca tiveram atividade judicial e judiciária em sua cidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Do interior de veículo, homem atira contra namorada de 22 anos
BRASIL
Prazo para eleitor regularizar título termina no mês de maio
PARAGUAI
Arsenal de guerra, droga, aeronave e uniformes são apreendidos na fronteira
SAÚDE
Incidência de lesões graves na medula aumenta no verão, diz médico