Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021

Gandi Jamil anuncia sua pré-candidatura a prefeito de Ponta Porã

Gandi Jamil anuncia sua pré-candidatura a prefeito de Ponta Porã

21 abril 2012 - 19h34
Redação - Tião Prado

Na noite de sábado, dia 21, nas dependências do Hotel Pousada do Bosque, o ex-deputado Gandi Jami, agora filiado ao PMDB, convocou os órgãos de imprensa para oficializar sua pré-candidatura a prefeito de Ponta Porã pelo referido partido, afirmando que a partir desse passo, o objetivo agora é construir a candidatura, viabilizando seu nome dentro do PMDB e se o partido entender que o caminho é ter um candidato para disputar a prefeitura estará disponível para o pleito.


Logo após a entrevista coletiva, Gandi Jamil falou com exclusividade para o site Conesulnews e questionado pelo jornalista Tião Prado sobre todo o seu passado político como deputado e candidato a governador, o pretenso pré-candidato pelo PMDB disse que seu grupo continua coeso, apesar de ser um novo grupo e que espera que dentro da convenção do partido, possa alcançar essa vitória para buscar novas alianças. Tião Prado perguntou a Gandi Jamil sobre o fato de somente Márcio Cruz do diretório do PMDB estar nessa reunião, onde Gandi disse que sempre teve respeito por todos e entende que o exercício da Democracia é aceitar a indicação de qualquer membro que esteja filiado ao PMDB, tendo o direito pelo estatuto do partido e isso é respeitar os filiados, praticando a Democracia.



O PMDB em Ponta Porã há muito tempo atua apenas como coadjuvante e o pré-candidato a prefeito disse que espera que esse seja o momento da virada e que lutará, juntamente com o partido, para que isso mude. “ Não depende única e exclusivamente do meu desejo; espero que isso seja o esforço de todos os filiados, de todos os companheiros partidários”, frisou Gandi.


Em relação ao fato do PMDB ter soltado na mídia que poderia ser vice-prefeito juntamente com Álvaro Soares, Gandi Jamil disse: “ Como democrático que sou, tenho que acatar qualquer decisão em que o diretório regional se submeter a uma convenção democrática, se deve indicar um candidato a vice ou se deve ter um candidato a prefeito, de modo que só posso aceitar a decisão que for tomada”.


Finalizando, Gandi Jamil agradeceu a todos dizendo que seu desejo é continuar a construir a Ponta Porã dos nossos sonhos.


Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Tereza Cristina: transformação digital deve inserir agronegócio
SAÚDE
Covid-19: OMS aponta presença da variante de Manaus em oito países
POLÍTICA
Governo federal diz que não se envolve em compras privadas de vacina
ECONOMIA
Bolsonaro apela para que caminhoneiros não façam greve