Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
Tempo

Tempestade causa destruição e deixa Três Lagoas às escuras e alagada

09 novembro 2015 - 14h08
Uma forte chuva castigou Três Lagoas por volta das 19h de ontem (8). A tempestade, que durou cerca de uma hora e meia, deixou rastros de destruição em várias partes da cidade. Foram registrados alagamentos, quedas de árvores, além de casas destelhadas. A força do vento também arrancou fachadas de lojas e prédios públicos.

Na manhã desta segunda-feira (9), o Corpo de Bombeiros informou à reportagem do Perfil News que, apesar da intensidade do temporal, não houve registro de feridos. De acordo com o grupamento, o telefone 193 recebeu diversas chamadas durante a chuva. Os pedidos de socorro partiram de moradores com casas inundadas e de motoristas em carros submersos.

Para atender as ocorrências, os bombeiros priorizavam a ordem de entrada e as que envolviam idosos e crianças. Tanto no município quanto nas rodovias 262 e 158, as equipes atuaram na remoção de árvores caídas para liberar passagem aos veículos e pedestres.

APAGÃO GERAL

Funcionários da distribuidora de energia Elektro ainda trabalham para restabelecer a transmissão de luz em alguns pontos da cidade. Ao Perfil News, a empresa classificou como geral o apagão que atingiu o município por conta da tempestade.A central de atendimento da concessionária recebeu 815 ligações de clientes de Três Lagoas comunicando falta de energia em suas casas. De acordo com a Elektro, a distribuição de luz será normalizada até as 11h de hoje (9).

HOSPITAL SEM ENERGIA

A falta de luz também atingiu o hospital Nossa Senhora Auxiliadora no período das 19h às 23h30. A assessoria de comunicação da unidade explicou à reportagem que um gerador supriu a energia interrompida e nenhum paciente foi prejudicado.

A UTI (Unidade de Terapia Intensiva), o Pronto Socorro e os setores de urgência e emergência funcionaram sem imprevistos.

*Fonte: perfilnews

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Setembro é mês de licenciar veículos com placa final 9
MEIO AMBIENTE
Fumaça do Pantanal se desloca para o Sul do país
RANKING DO CLP
Mato Grosso do Sul é o 6º Estado mais competitivo do Brasil
SANTA RITA DO PARDO
Em ação conjunta, Polícia Militar e Polícia Civil prendem estelionatários que se passavam por policiais militares para extorquirem produtores rurais.