Menu
Busca quarta, 23 de setembro de 2020

Clima econômico na América Latina cai em outubro

Clima econômico na América Latina cai em outubro

16 novembro 2011 - 11h46Por Reuters
O clima econômico na América Latina diminuiu em outubro, caindo abaixo de sua média histórica em meio às incertezas sobre a economia mundial, mostrou pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e do instituto alemão Ifo.

A queda do índice foi de 5,6 pontos em julho para 4,4 pontos em outubro. A leitura para o Brasil declinou de 5,8 para 4,8 pontos.

'Reflexo das incertezas do cenário econômico mundial, o índice ficou abaixo da média histórica, sinalizando a entrada da região na fase de declínio do ciclo econômico, após permanecer na fase de boom entre julho de 2010 e julho de 2011', disse a FGV em nota.

O componente de situação atual na região passou de 5,9 para 5,2 pontos. 'Apesar da queda, o nível superior a 5 pontos indica uma avaliação ainda favorável a respeito do momento presente.

O componente de expectativas recuou de 5,3 para 3,5 pontos, sinalizando pessimismo em relação aos próximos meses.

'A tendência de piora do ambiente econômico na América Latina segue o que ocorre em âmbito mundial', disse a FGV. O índice de clima econômico apurado pelo Ifo para 119 países caiu de 5,4 para 4,3 pontos entre julho e outubro.

Para o Brasil, o componente de situação atual recuou em 1 ponto, para 5,8 pontos. O de expectativas declinou também 1 ponto, atingindo 3,7 pontos.

Na América Latina, o índice de clima econômico caiu em outubro no México e em todos os países da América do Sul, exceto no Peru.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
STF mantém obrigação de locadoras terem cota de veículos adaptados
Norma era questionada pela Confederação Nacional dos Transportes
NOTÍCIAS
Criança sob guarda deve receber mesmo tratamento que filho em plano de saúde
MEIO AMBIENTE
Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019
POLÍTICA
Brasil é vítima de desinformação sobre meio ambiente, diz Bolsonaro