Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020

Liberado, Ganso volta a trabalhar com bola e pode jogar neste sábado contra o Atlético-PR

27 outubro 2011 - 23h10Por ESPN
Liberado pelo departamento médico do Santos após se recuperar de uma lesão de grau 2 no músculo posterior da coxa esquerda, o meia Paulo Henrique Ganso voltou a trabalhar com bola, no treino da manhã desta quinta-feira, no CT Rei Pelé. O jogador participou normalmente da atividade e pode ser a grande novidade da equipe para o duelo com o Atlético-PR, marcado para sábado, às 18 horas (horário de Brasília), no Pacaembu.

"O Ganso é importantíssimo para nós. A pior coisa para qualquer atleta é ficar machucado, no departamento médico. Por isso, quando você volta para o campo com os demais jogadores é uma alegria. Além do que é muito bom ter um atleta da qualidade do Paulo de volta. Agora, cabe ao Ganso junto com a comissão técnica e os médicos determinarem se ele volta contra o Atlético-PR ou na próxima rodada, contra o Vasco (na Vila Belmiro)", destacou o zagueiro Edu Dracena.

A participação de Ganso no jogo contra o Furacão ainda não é certa, pois a comissão técnica vem trabalhando com calma essa situação. Por outro lado, o lateral esquerdo Léo e o atacante Borges, que também estão recuperados de lesões, devem reforçar o time santista na partida contra os paranaenses, bem como o meia Felipe Anderson, que está de volta após participar da fraca campanha da Seleção Brasileira sub-20 nos Jogos Pan-americanos de Guadalajara, no México.

O lateral direito Pará, que foi submetido recentemente a uma cirurgia no menisco medial do joelho esquerdo, foi outro jogador a correr ao redor do gramado do CT Rei Pelé. No entanto, ainda não foi estipulada uma data para o seu retorno aos jogos oficiais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 267
Polícia Militar intercepta e apreende duas caminhonetes que seriam utilizadas pelo crime organizado na região de fronteira
ECONOMIA
Pedidos de seguro-desemprego caem 9,3% na primeira metade de setembro
PONTA PORÃ
Polícia Civil prende mulher que forjou o sequestro do próprio neto
JUSTIÇA
Réus condenados no Tribunal do Júri têm recurso negado