Menu
Busca domingo, 05 de julho de 2020

Senador do PR faz cobrança dura a Dilma sobre crise que derrubou Pagot

03 agosto 2011 - 11h54Por Só Notícias
O senador Blairo Maggi (PR), aliado do governo federal, fez ontem no Senado, a primeira cobrança dura a presidente Dilma Roussef sobre a crise que culminou com a saída do mato-grossense Luiz Pagot (indicado de Blairo) da diretoria do DNIT e da saída do ex-ministro Alfredo Nascimento, do Ministério dos Transportes. Blairo disse que o PR espera um esclarecimento de Dilma logo após as apurações das denúncias de corrupção no ministério e departamentos envolvendo determinadas empreiteiras que ganharam obras com verbas federais.

A presidente deve ao PR um esclarecimento. "Desejo que a presidente da República, assim que concluir o levantamento, venha a público esclarecer se houve desvio de recursos e superfaturamento ou aditivos comprados e aceitos", cobrou Blairo, deixando de lado o tom amistoso de aliado que estava tendo com a presidente. Ele expôs também que, após as denúncias contra lideranças do PR, aliados de outras siglas foram denunciados e o tratamento do governo não foi o mesmo. "Depois do PR, já dois partidos sofreram denúncias e nada foi feito.

Por que só o PR? Eu espero por parte da Presidência o mesmo tratamento que foi dado ao PR: a mesma rapidez, o mesmo jeito. Que afaste as pessoas,veja se há problema ou se não há e traga de volta aqueles que não tem problema algum."

Ele disse ainda que outros partidos da base do governo foram alvo de denúncias da imprensa nas últimas semanas, mas o PR teve um tratamento diferente. Por que só o PR? E os outros partidos? " questionou. O ataque de Blairo foi durante as explicações dadas pelo ex-ministro Alfredo Nascimento, a quem manifestou apoio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTES
Partida entre Fluminense e Botafogo será transmitida em TV aberta
MEIO AMBIENTE
Pescador é preso em flagrante por caça, após polícia encontrar pele de jacaré
PANDEMIA
Mais uma cidade de MS apresenta caso confirmado de coronavírus
ECONOMIA
Caixa volta a realizar sorteios da Loteria Federal hoje