Menu
Busca sexta, 15 de janeiro de 2021

Queda de cabelos: veja sete pecados que aumentam o problema

06 agosto 2012 - 00h00
*Fonte: Dourados News


É normal perder cerca de 100 fios de cabelo diariamente. A queda faz parte do ciclo de renovação do cabelo. Se ela é maior, é preciso investigar as causas, que podem estar em uma alimentação desequilibrada ou até em pequenos hábitos diários.

O cirurgião plástico Miguel Sorrentino afirma que 30% de suas clientes apresentam problemas de queda acentuada. "Ao contrário do que se pensa, a queda de cabelos feminina é muito mais comum do se imagina" diz o especialista em Transplante Capliar e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Ele enumera aqui as sete principais causas do problema:

Secador
O problema aqui são as altas temperaturas que podem queimar o couro cabeludo e roubar água dos fios, deixando-os ressecados e suscetíveis à quebra. "O secador de cabelos é um dos maiores inimigos das mulheres, pois a tração provocada pela escova e o ar quente podem levar à perda da raiz com o passar dos anos. É bom sempre ter prudência na hora de secar os fios", disse Sorrentino.

Rabo de cavalo
O penteado pode levar a um tipo de perda de cabelo, chamada alopécia por tração. Por isso, quando fizer um rabo de cavalo, certifique-se de que o elástico que está usando seja totalmente revestido de tecido - para não quebrar os fios - e não puxe demais as madeixas pra trás.

Megahair
Uma dos métodos que mais contribui para a queda dos fios é o megahair. A técnica costuma arrancar os fios de cabelo pela raiz gerando espaços sem fios no couro cabeludo. Segundo o especialista, a área acometida não recupera mais os fios cujas raízes foram danificadas.

Químicas
"Existem diversas substâncias que são nocivas ao corpo humano, incluindo os fios de cabelo e o couro cabeludo. Dentro de algumas fórmulas de tonalizantes, tintas e xampus, existem estes determinados componentes que podem danificar o couro cabeludo e os fios, provocando quedas temporárias e, por vezes, definitivas", explica o cirurgião plástico Miguel Sorrentino, especialista em transplante capilar.

Estresse
Alterações hormonais provocadas pelo estresse causam queda acentuada de cabelo. "Sabe-se atualmente que a queda não depende de herança genética ou de doenças, como as dermatológicas e autoimunes", afirmou o especialista.

Alimentação desequilibrada
Os impactos na saúde também chegam aos fios. Regimes rígidos demais e dietas desequilibradas, que resultam em carência de certas vitaminas, proteínas e minerais (especialmente ferro, cobre e zinco), podem levar à queda de cabelo.

Dormir de cabelo molhado
O hábito não deixa ninguém calvo, mas pode acelerar o processo de queda dos fios e fazer mal aos cabelos e à saúde do couro cabeludo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Fabricante de oxigênio diz enfrentar crise sem precedentes no Amazonas
SAÚDE
Vacina da Oxford-Fiocruz é segura, afirma CTNBio
RIO BRILHANTE
Policiais civis realizam campana, prendem suspeito e apreendem maconha e cocaína
MIRANDA
PMA captura tamanduá-bandeira em residência no centro da cidade, o terceiro em 15 dias