Menu
Busca quarta, 23 de setembro de 2020

Para embalar sua candidatura na capital, Azambuja trará Aécio Neves a MS

Para embalar sua candidatura na capital, Azambuja trará Aécio Neves a MS

18 outubro 2011 - 13h20
Conjuntura Online

De olho na formatação do projeto em torno de sua candidatura à prefeitura de Campo Grande em 2012, o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) adiantou nesta segunda-feira, em entrevista à FM Capital, que entrará em ação no mês de novembro na tentativa de trazer à Capital o senador Aécio Neves (PSDB-MG), para participar de uma série de seminários que discutirão as demandas da cidade.


Denominado ‘Pensando Campo Grande’, o seminário terá sua abertura marcada pela palestra de Aécio Neves, que deve falar sobre gestão pública.


“Aécio fez historia no governo de Minas diminuindo os gastos com a máquina pública e ampliando e melhorando a qualidade do atendimento a população. É dessa forma que precisamos olhar para nossa Capital. Será que estamos investindo no que realmente é prioridade hoje?” questionou o tucano, que rompeu com os aliados históricos, o PMDB, para concorrer à sucessão do prefeito Nelsinho Trad (PMDB).


Ainda durante a entrevista, Azambuja destacou a possibilidade de recuar de sua candidatura à prefeitura, lembrando que esse projeto tem aval da cúpula nacional do partido, que recomendou o lançamento de candidatos nas capitais e nas maiores cidades brasileiras.

“O partido entendeu que este é o momento de ter uma candidatura própria oferecendo a sociedade uma opção e assim o faremos”. reforçou o deputado, colocando de lado qualquer possibilidade de desistência do projeto, considerando o apoio unânime do diretório em torno de seu nome e a necessidade de que seja oferecida a população da Capital uma proposta diferente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
STF mantém obrigação de locadoras terem cota de veículos adaptados
Norma era questionada pela Confederação Nacional dos Transportes
NOTÍCIAS
Criança sob guarda deve receber mesmo tratamento que filho em plano de saúde
MEIO AMBIENTE
Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019
POLÍTICA
Brasil é vítima de desinformação sobre meio ambiente, diz Bolsonaro