Menu
Busca quinta, 13 de maio de 2021

Embaixador renúncia após festa com prostitutas

Embaixador de Honduras renúncia após festa com prostitutas

07 janeiro 2013 - 15h40
Regiaonews


O embaixador de Honduras na Colômbia, Carlos Humberto Rodriguez Andino, renunciou ao cargo neste domingo, após incidente no qual diplomatas e empregados participaram de uma festa com prostitutas na embaixada do país em Bogotá.

Relatos publicados por jornais colombianos descrevem o evento como uma "orgia", na qual bens da embaixada com informações sigilosas foram roubados.

A renúncia de Rodriguez foi solicitada pelo Ministério das Relações Exteriores hondurenho, que, a partir de investigações, confirmou a realização da festa. De acordo com o governo, a atitude dos diplomatas manchou a imagem do país e, caso não fossem tomadas atitudes, poderia interferir no bom relacionamento entre Honduras e Colômbia.

A festa aconteceu no dia 20 de dezembro. Na ocasião, bens da embaixada foram saqueados em uma festa na qual diplomatas e empregados contrataram prostitutas.

Segundo as investigações, o organizador da festa foi Jorge Mendoza, segurança e motorista de Carlos Humberto Rodriguez Andino. Ambos serão responsabilizados por computadores e celulares que desapareceram da embaixada após o evento. Segundo a imprensa colombiana, pelo menos um desses computadores continha informações sigilosas do governo hondurenho.

A embaixada hondurenha declarou que pretende resolver o problema "internamente", mas a polícia colombiana tenta localizar prostitutas que participaram da festa para levantar maiores informações. Segundo o site BNO, há indícios de que elas não foram pagas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 33 milhões
CAPACIDADE
Subjuv abre inscrições para curso de desenvolvimento de aplicativos
SAÚDE
Covid-19: Brasil registra 76.692 casos e 2.494 mortes
TEMPO
Vento sul contribui para mais um dia de temperaturas amenas em Mato Grosso do Sul