Menu
Busca quarta, 23 de junho de 2021

Está endividado? Veja 15 dicas para sair da inadimplência

18 maio 2012 - 11h22Por Infomoney
O endividamento é um dos principais problemas que tiram o sono de muitos consumidores que desejam voltar a ter crédito no mercado. Só nos quatro primeiros meses de 2012, a inadimplência no Brasil cresceu 19,6% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo pesquisa do Serasa Experian.

Muitos consumidores não sabem como perderam o controle de suas dívidas e, muito menos, como retomar a sua saúde financeira. Para ajudar esses consumidores, o livro Livre-se das Dívidas, do educador financeiro, Reinaldo Rodrigues, da editora DSOP, mostra como resolver o problema da inadimplência.

Confira as 15 dicas que podem te ajudar sair da inadimplência

1. Antes de sair negociando é preciso ter pleno domínio do seu dinheiro, fazer um diagnóstico financeiro, registrando o que se ganha, o que se gasta, conhecer seu verdadeiro eu financeiro

2. Faça um apontamento de despesas diárias por tipo de despesas pelos próximos 30 dias é o caminho para que fique tudo mais claro, somente assim poderá cortar gastos e reduzir excessos.

3. Muitas vezes é importante dizer “devo, não nego, pago, como e quando puder” nunca se deve procurar um credor (pessoa para quem você deve) antes de ter domínio completo de seu dinheiro.

4. É preciso ter muita calma quando se está inadimplente, estar endividado nem sempre é um problema, o problema é quando não se consegue pagar este compromisso.

5. A portabilidade é uma das ferramentas para reduzir o endividamento, procure por linhas de créditos mais baixa, mas é importante frisar que isso não resolve a causa do problema.

6. No planejamento para pagar as dívidas priorize as que têm os juros mais altos, geralmente as de cartão de crédito e cheque especial.

7. Na hora de negociar, se for parcelar as dívidas, tenha certeza que as mesmas cabem em seu orçamento.

8. Saiba que para pagas às dívidas atrasadas terá que repensar seu padrão de vida, pois, se já se endividou com o que ganha, isso reduzirá nos próximos meses com as parcelas.

9. Não existe uma porcentagem exata de quanto terá que direcionar para pagar as dívidas, isso dependerá do diagnóstico financeiro feito previamente.

10. Estabeleça uma estratégia para sair do endividamento, conhecendo detalhadamente os credores, valores, taxas de juros.

11. Dois fatores levam ao endividamento são eles: o crédito fácil, conjugado com a competente propaganda, por isso cuidado para não comprar o que não sonhava, com o dinheiro que você não tem, para impressionar, muitas vezes, até mesmo quem você não conhece.

12. As facilidades de créditos, como limite de cheque especial, cartão de crédito, crediários tem sido verdadeiros vilões nesta cirando do endividamento e inadimplência.

13. Não “emprestar” seu nome para que parentes e amigos façam dívidas. Se eles não podem usar o próprio nome é porque provavelmente já estão com problemas de endividamento.

14. Procure guardar dinheiro para comprar a vista e com algum desconto, o sonho da independência financeira passa por respeito ao dinheiro, entender que dinheiro é meio e não fim.

15. Quem compra a prazo, paga juros, quem paga juros paga mais caro e tem dividas, quem tem dívidas realiza menos sonhos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul já vacinou 51,8% da população adulta contra Covid-19
BATAGUASSU
Polícia Civil realiza orientações e verificações preventivas em parceria com PRF
CORONAVÍRUS
Sistema de Regulação aponta que de 10 internados em UTI em Campo Grande, 8 são do próprio município
COSTA RICA
Polícia Civil prende em flagrante traficante de drogas pela quarta vez em menos de 2 anos