Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021
SAÚDE

Ministério da Saúde lança plataforma com prontuário médico eletrônico

Histórico do paciente ficará registrado e disponível eletronicamente

01 julho 2021 - 17h00Por Agência Brasil

O Ministério da Saúde lançou nesta quinta-feira (1º) o sistema Conecte-SUS Profissional, um prontuário eletrônico onde ficam reunidas todas as informações do médico e do paciente. São dados sobre internações, carteira de vacinação digital, medicamentos do paciente, alergias, entre outros.

Com a tecnologia, médicos de todo o país passarão a ter acesso ao histórico clínico com dados registrados nas redes pública e privada, nos vários níveis de atenção à saúde. Segundo o ministério, programa está apto a ser acessado em cerca de 15 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS) em todo o Brasil.

“É importante que as pessoas entendam o potencial do Conecte SUS. Pela primeira vez o paciente vai ter acesso ao seu prontuário eletrônico. E todos os profissionais de saúde estarão conectados na rede SUS, e não só com os dados dos estabelecimentos públicos, mas de toda rede de saúde”, explicou o diretor do DataSUS, Jacson Barros.

Quando o profissional atualiza as informações no prontuário, o paciente recebe uma notificação no aplicativo Conecte-SUS Cidadão. As informações podem ser acessadas por meio do celular, computador ou tablet, utilizando o CPF.

O lançamento foi na cidade de Marechal Deodoro, em Alagoas, na Unidade Básica de Saúde da Poeira, no Loteamento São José. Durante o evento, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, destacou a necessidade de novas tecnologias para que toda a população tenha acesso à saúde, inclusive em áreas remotas.

“Nós temos 9% da população vivendo em áreas remotas, e como vamos chegar lá? Nós vamos chegar através da tecnologia, de informação e de comunicação, levando a aproximação da média e da alta complexidade com as unidades básicas de saúde”, disse o ministro.

A pasta considera o Conecte-SUS um marco na troca de informações e orientações para profissionais e gestores, que passarão a contar com informações que auxiliarão na tomada de decisões e na continuidade do cuidado com os pacientes. Assim, uma pessoa que começou o seu atendimento médico em Alagoas, por exemplo, ao seguir para São Paulo, terá todas as informações de seu prontuário eletrônico, bem como os medicamentos que o paciente usa.

O programa Conecte-SUS teve início em 2019, com o projeto-piloto em Alagoas. Em agosto de 2020, foi lançado o aplicativo voltado para o cidadão, que permite ao usuário a visualização do seu histórico clínico, atendimentos realizados, internações, medicamentos, entre outras funcionalidades. No caso da carteira e do certificado de imunização para a covid-19, estes podem ser impressos ou salvos em PDF, caso necessite apresentar em algum momento.

Covid-19

Queiroga aproveitou o lançamento do sistema para falar sobre o enfrentamento à pandemia de covid-19 e reforçou que, até setembro, serão distribuídas mais de 160 milhões de doses de vacina, permitindo que todos os adultos tenham recebido a primeira dose até setembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESENVOLVIMENTO
Primeiro do País a identificar potenciais hidrelétricos, MS é case de sucesso na busca por oferta de
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia Militar apreende adolescente que transportava mais de 20 quilos de maconha
AGRO
Campanha quer conscientizar para produção de alimentos seguros e seus benefícios
POLÍTICA
Diretor da Precisa diz não ter participado de negociação da Covaxin