terça, 21 de maio de 2024
SEU BOLSO

Saque de R$ 1 mil do FGTS: confira o prazo e como sacar os saldos não movimentados

06 agosto 2022 - 10h00Por G1

A partir deste sábado (6), a Caixa Econômica Federal vai iniciar o retorno às contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) dos valores do saque extraordinário que foram creditados automaticamente em conta digital do Caixa Tem, mas não foram movimentados pelos titulares.

Cerca de R$ 9,2 bilhões retornarão para as contas do FGTS, devidamente corrigidos, em cumprimento à Lei 14.075/2020, segundo o banco público. O FGTS rende o equivalente à taxa referencial (TR) mais 3% ao ano.

“Conforme previsto nessa legislação, os valores creditados automaticamente ficam disponíveis para movimentação pelo trabalhador pelo prazo de 90 dias, de acordo com calendário de pagamentos amplamente divulgado, e, caso não sejam sacados, retornam para as contas do FGTS corrigidos”, diz a Caixa, em nota.

A Caixa destaca que, em todo o calendário de pagamento, foram liberados cerca de R$ 30,1 bilhões para aproximadamente 43,7 milhões de trabalhadores com direito ao saque. Os pagamentos foram liberados até 15 de junho, conforme o mês de nascimento do trabalhador.

Os trabalhadores que movimentaram o Saque Extraordinário, em qualquer valor, não terão o saldo remanescente retornado às contas de FGTS, permanecendo o saldo disponível na conta do Caixa Tem.

Não saquei, e agora?

Apesar de o dinheiro voltar para o FGTS, os trabalhadores que deixaram de sacar terão uma nova oportunidade. Até 15 de dezembro, eles poderão pedir o crédito novamente, com o dinheiro sendo transferido para o Caixa Tem em até 15 dias.

O pedido de saque pode ser feito pelo aplicativo FGTS. A consulta pelo site da Caixa foi desativada há alguns meses, restando apenas o aplicativo como meio de contato eletrônico.

O aplicativo FGTS pode ser baixado pelo celular:

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

SES abre consulta pública para validação da Linha de Cuidado da Pessoa com Sobrepeso e Obesidade

TEMPO

Segunda-feira tem manhã mais fresca e tarde amena

MS

Semana de Combate ao Assédio e à Discriminação do TJMS inicia na próxima segunda (13)

GERAL

Pesquisadoras falam dos desafios de conciliar maternidade com estudos