Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
Política

Azambuja nomeia dois secretários-adjuntos e sete chefes de órgãos

07 janeiro 2015 - 09h35Por Fonte: douradosnews
O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), nomeou dois secretários-adjuntos e sete chefes de órgãos da administração estadual. Segundo o portal G1, nomeações e designações foram publicadas no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, dia 06 de janeiro.

Jader Rieffe Julianelli Afonso, que era o titular da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) na gestão de André Puccinelli (PMDB), foi nomeado assessor especial e designado para desempenhar a função de secretário-adjunto da pasta. Édio de Souza Viegas foi nomeado secretário-adjunto da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização.

O coronel da Polícia Militar (PM) Carlos de Santana Carneiro foi designado para desempenhar, interinamente, a função de comandante-geral da corporação, chefe do Estado-Maior e subcomandante-geral. No Corpo de Bombeiros, quem assumiu o comando-geral de forma interina foi o coronel José Antonio Pereira dos Santos.

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) teve nomeado como diretor-presidente o coronel da PM Pedro César Figueiredo de Lima.

Na Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa (Fertel), quem assumiu o cargo de diretor-presidente foi o jornalista Bosco Martins (PSD).

Outros que já tinham sido anunciados por Reinaldo Azambuja tiveram as nomeações publicadas. O ex-prefeito de Sidrolândia (MS) Enelvo Felini (PSDB) assumiu o cargo de diretor-presidente da Agência Estadual de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer). Wilton Melo Acosta é o novo chefe da Fundação do Trabalho (Funtrab). O ex-prefeito de Porto Murtinho Nelson Cintra é o novo diretor-presidente da Fundação de Turismo (Fundtur).

Secretariado

O primeiro escalão do governador tucano ficou completo, na segunda-feira (5), com a designação do secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, para acumular o cargo de titular da Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar.

Nas outras secretárias estão: Sérgio de Paula, secretário da Casa Civil; Marcio Monteiro (PSDB), secretário de Fazenda; Carlos Alberto de Assis (PSDB), secretário de Administração e Desburocratização; Nelson Tavares, secretário de Saúde; Maria Cecilia Amendola da Motta (PSDB), secretária de Educação; Maria do Carmo Avesani Lopez, Secretária de Habitação; Jaime Verruck, secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente; Professora Rose (PSDB), vice-governadora, secretária de Direitos Humanos, Inclusão e Assistência Social; Athayde Nery (PPS), secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação; Ednei Marcelo Miglioli foi o escolhido para ser secretário de Infraestrutura; e Silvio Cesar Maluf, secretário de Justiça e Segurança Pública. O procurador-geral do Estado é Adalberto Neves.

Outros órgãos

Carlos Alberto de Assis acumula a função de diretor-presidente da Agência Estadual de Imprensa Oficial. Jaime Verruck também assumiu o cargo de diretor-presidente do Instituto de Meio Ambiente do estado (Imasul). O novo procurador-geral adjunto do Estado é Fernando César Caurim Zanelle. Felipe Mattos de Lima Ribeiro foi nomeado na função de secretário especial do gabinete do governador e acumula função de consultor legislativo na Casa Civil.

Rodrigo Mendes Ribeiro é o novo titular da Subsecretaria de Comunicação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREDOR BIOCEÂNICO
Após suspensão de licitação, governo requisita novo cronograma para obra de ponte sobre Rio Paraguai
JUSTIÇA
STF confirma decisão que determinou a abertura de CPI da Pandemia
POLÍTICA
Senado debate adiamento do reajuste de preços de medicamentos
NAVIRAÍ
Polícia Civil incinera 1,2 tonelada de drogas