Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021
Coxim

Cozinheira é picada por cobra em fazenda no Pantanal

09 janeiro 2015 - 21h34Por Fonte: coximagora
A cozinheira Benedita Gonçalves da Silva, de 53 anos, foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) após ser picada por uma cobra Jararaca Boca de Sapo, por volta de 09h14min, desta sexta-feira (09), na fazenda Cristal, no Pantanal de Payáguas, nos limites territoriais de Coxim.

A cozinheira foi trazida de avião da fazenda até o Aeroporto Municipal de Coxim onde uma viatura de resgata a aguardava, em seguida, ela foi encaminhada para o Hospital Regional Dr. Álvaro Fontoura Silva, em Coxim.

Benedita contou que estava na cozinha quando a cobra picou o dedo médio do seu pé direito. A vítima reclamava de dores e dormência, mas estava consciente e orientada.

Jararaca Boca de Sapo - Muito comum no Pantanal é considerada a cobra mais venenosa do Bioma.Seu veneno é muito forte,pode matar uma criança em poucas horas e um adulto em questão de um dia.É muita temida na região pantaneira,sua coloração e tamanho é diferente das outras jararacas.É pequena e pode atingir no máximo um metro de comprimento e sua cor é bege.Pode parecer uma cobra inofensiva devido mesmo ao seu tamanho,mais seu veneno potente é de impressionar.A Jararaca Boca de Sapo é uma das cobras mais venenosas do Brasil, dependendo do local da picada se for atingida alguma veia principal o indivíduo pode morrer na hora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Ejud-MS, em parceria com a CIJ, abre inscrições para 320 pretendentes à adoção
ECONOMIA
Caixa paga seguro-desemprego em conta poupança social digital
PONTA PORÃ
Polícia Militar recupera parte de dinheiro furtado de um mercado
SAÚDE
Novos leitos de UTI são disponibilizados na Capital, em Dourados e Três Lagoas