Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
IMUNIZAÇÃO

Em menos de 24 horas, Governo inicia distribuição de vacinas e nona etapa vai imunizar quilombolas

21 março 2021 - 09h00Por Portal MS

A Secretaria de Estado de Saúde informa que as 1.250 doses da vacina AstraZeneca deverão ser utilizadas para iniciar a imunização dos povos quilombola de Mato Grosso do Sul. E mais 32.580 doses da Coronavac serão empregadas como primeira dose (D1), em continuidade ao grupo dos idosos de 65 anos ou mais. As demais doses da Coronavac serão utilizadas na segunda dose (D2) de idosos de outras etapas da campanha de imunização estadual e também serão aplicadas na imunização de profissionais de saúde.

O Estado recebeu a nona remessa com 48.650 doses de Coronavac e AstraZeneca e já totaliza 420.310 doses recebidas pelo Ministério da Saúde. A distribuição das doses aos municípios iniciou às 6 horas deste domingo (21).

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, este quantitativo vai garantir que os municípios concluam a vacinação de grupos prioritários remanescentes e continuem avançando na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado. “13.200 doses serão empregadas para realização da segunda dose (D2), referente a quinta etapa de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde”.

Conforme a publicação, 1.620 doses serão empregadas como primeira dose (D1), para a continuidade do grupo dos trabalhadores de saúde. Aos municípios que já finalizaram este grupo poderão dar continuidade na administração das doses para o próximo grupo prioritário, conforme escalonamento de idosos acima de 65 anos.

Fica a critério dos municípios, dar continuar na vacinação em idosos de 60 anos ou mais, desde que portadores de doenças imunossuprimidas, oncológicos com doença ativa em tratamento, transplantados de órgão sólido ou de medula óssea e renais crônicos, pneumopatias crônicas graves, pacientes portadores de doenças cardiovasculares crônicas que tenham sido submetidos a procedimentos operatórios, com o emprego dos imunizantes remanescentes dos demais grupos acima e também poderão iniciar na vacinação em portadores de síndrome de down, a partir de 18 anos, com o emprego dos imunizantes remanescentes dos demais grupos acima.

A Resolução Ad Referendum Nº 44/CIB/SES, aponta que os municípios deverão observar o aprazamento para ministrar a segunda dose (D2), conforme prévio agendamento, podendo haver modificação se necessário.
Os municípios que receberam mais vacinas da Coronavac são: Campo Grande (12.170), Corumbá (1.160), Dourados (2.680), Ponta Porã (1.010) e Tres Lagoas (1.300). E AstraZeneca: Campo Grande (230), Jaraguari (155), Nioaque (135) e Terenos (230).

Veja aqui a resolução para cada município.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELDORADO
Polícia Civil esclarece homicídio e prende suspeito em flagrante
ECONOMIA
Economia abre consulta pública para debater nova Lei de Licitações
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito apreende dois jacarés e um javali abatidos em leito de córrego no município
MEIO AMBIENTE
Imasul e bombeiros iniciam ação preventiva contra incêndios nos parques estaduais