Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021
AGEPEN

Empreendedorismo e empoderamento é destaque em ações realizadas com reeducandas de MS

10 abril 2021 - 13h00Por Portal MS

Com foco na valorização do potencial feminino, a campanha "O protagonismo das Mulheres Sul-Mato-Grossenses: Empoderamento e Empreendedorismo" foi desenvolvida com mulheres em situação de prisão de Mato Grosso do Sul.

Considerado o mês da mulher, a ação foi realizada em março nos estabelecimentos penais femininos de Corumbá, Jateí, Rio Brilhante e São Gabriel do Oeste.

Por meio de parceria firmada entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e a Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para Mulheres, a iniciativa também marca o início do programa Recomeçar.

Internas de diferentes cidades de MS participaram das lives

Lançado em agosto do ano passado, o programa é gratuito e consiste no desenvolvimento de atividades virtuais como lives e oficinas, enfatizando o empoderamento, empreendedorismo e empregabilidade das mulheres, independente da situação atual em que se encontram.

O trabalho também conta com o apoio da Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/MS) e Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME).

Dentre os temas abordados também está autoimagem, networking, ferramentas digitais, orientações para inserção no mercado de trabalho e desenvolvimento de oficinas “Ela Pode”.

O objetivo é buscar o empoderamento das mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica, proporcionando conhecimento para incremento na renda pessoal, aumento da autoestima e da autoconfiança, o que contribui diretamente para a elevação da taxa de empregabilidade, bem como, impulsionamento para a abertura de novos negócios.

Responsável pela supervisão das atividades, a chefe da Divisão de Promoção Social da Agepen, Marinês Savoia, destaca que as lives estão sendo desenvolvidas graças à união de esforços e terá continuidade nos próximos meses, abrangendo todas as unidades penais femininas do estado. “A intenção é proporcionar mecanismos para que essas mulheres conquistem oportunidades e valorização no mercado de trabalho, após seu retorno à sociedade”, enfatizou.

Todas as ações que incentivem a reinserção social dos apenados, seja pelo trabalho, educação ou social são coordenadas pela Diretoria de Assistência Penitenciária da Agepen.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Segunda etapa da vacinação contra influenza começa na próxima semana
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito e Iagro autuam dono de chácara em R$ 2,6 mil por criação ilegal de javalis
SAÚDE
Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose
Número representa 45% das prefeituras que responderam à sondagem
MS
Ex-marido acusado de feminicídio vai a júri popular