Menu
Busca domingo, 11 de abril de 2021
Desaparecido

Polícia procura homem que fugiu com a filha de sete anos

13 janeiro 2015 - 13h38Por Fonte: douradosnews
A Polícia Civil de Campo Grande procura um técnico de eletricidade de 37 anos, que está com um mandado de prisão em aberto desde o dia 4 de janeiro.

O delegado Paulo Sérgio Lauretto, titular da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e o Adolescente (Depca), disse que ele não possui a guarda da filha, porém a pegou temporariamente e não devolveu ao tutelador no dia 27 de dezembro.

“Nós fizemos buscas hoje em diversos locais, mas não encontramos este pai. Então eu entrei em contato por telefone, inclusive me identificando como delegado de Polícia e dizendo do mandado de prisão em aberto, porém ele disse que sabia das consequências e que não devolveria a criança”, afirmou o delegado.

O processo da menina, atualmente com sete anos de idade, transita em Cuiabá (MT), onde ela reside com o tio materno, o produtor rural Weller Cardoso Pinheiro, 43 anos, sua esposa e mais dois primos de 15 e 18 anos. “Minha irmã faleceu em um acidente automobilístico, quando seguia de férias para Goiânia. Então desde o dia dois de julho de 2012 eu possuo a guarda da criança”, contou o tio.

Relação conturbada

Sobre o relacionamento dos pais da menina, Cardoso ressalta que eles nunca foram casados e teme o comportamento do homem.

“Eu soube que a minha irmã teve um rápido namoro e que ele a agrediu algumas vezes, principalmente quando estava embriagado. Inclusive isso consta em alguns boletins de ocorrência. Eu nunca quis fazer o papel de pai, por isso achei que não deveria afastá-lo, mas jamais imaginei que ele faria isso”, comentou o tio.

Desde o dia em que o pai pegou a criança, Weller garante que não conseguiu mais falar com a menina. “No dia em que ele esteve aqui, a menina relutou em entrar no carro com ele. Eu até pedi ao pai para ter calma naquele momento, mas se soubesse que ele não seguiria para a casa do pai, conforme determinou o juiz, não teria entregue a menina”, ressaltou o tio.

Saúde

Além de passar por tratamento psicológico, o tio diz que a menina toma remédios controlados e tem deficit de atenção. “Ela também toma alguns calmantes, comprados apenas com a receita que está comigo, por isso a minha preocupação é maior ainda. Achei que seria um momento dele se aproximar, já que nunca ajudou em nada, nem financeiramente”, lamentou.

Ao delegado, o homem foragido disse nesta segunda-feira (12), que está em uma propriedade rural de Ponta Porã. “A princípio esta versão é mentirosa, por isso vamos continuar com as diligências até encontrá-lo. Eu até o alertei, dizendo que se entregasse a menina poderia prestar depoimento e seria liberado, mas ele optou por permanecer com o mandado de prisão, aberto desde o dia 4 de janeiro”, finalizou o delegado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGEPEN
Empreendedorismo e empoderamento é destaque em ações realizadas com reeducandas de MS
REGIÃO
PMA de Bela Vista sai para resgate de Jaguatirica atropelada e quando chega o animal já estava morto
INTERNACIONAL
Banco Mundial destina U$ 2 bi para vacinas a países em desenvolvimento
AMAMBAI
Polícia Militar Rodoviária recupera veículo furtado transportando mais de uma tonelada de maconha