Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
Apreensão

Polícia Rodoviária Federal apreende 16 fuzis e cocaína

Caminhão que saiu da Bolívia foi barrado na BR-262 com armamento pesado e droga

30 dezembro 2014 - 09h17Por Fonte: riobrilhantenews
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um verdadeiro arsenal de guerra, na noite desta segunda-feira (29), no Posto Guaicurus, localizado no KM-600 da BR-262. Além do armamento pesado, os policiais apreenderam 141 quilos de cocaína, avaliada em aproximadamente R$ 1,4 milhão (cálculo baseado no valor praticado no mercado negro).

O Posto policial é localizado na cidade de Miranda e é próximo da divisa com a Bolívia, Esta é a maior apreensão de fuzis já realizada pela PRF. A entrada de Fuzis pela Bolívia já é conhecida pelos policiais.

O motorista, um homem de 33 anos, declarou que receberia R$ 15 mil pelo trabalho e entregaria o veículo em Presidente Epitácio (SP), às margens do Rio Parana, divisa com MS, onde outra pessoa que ele informa não conhecer assumiria o veículo O armamento e as drogas estavam em fundos falsos nos tanques de combustível do cavalo mecânico.

Ao todo foram apreendidos 14 fuzis 7.62, um fuzil ponto 50, um fuzil calibre 556, 101 munições calibre ponto 50, 1 pistola 9mm e 141 quilos de cocaína.

Como é um armamento de guerra, o fuzil .50 é utilizado em operações antiaéreas. No Brasil, tem sido utilizado em assaltos contra carros forte.

Em 2014, somente a PRF de Mato Grosso do Sul apreendeu 62 toneladas de maconha e 2,5 toneladas de cocaína. Uma das grandes apreensões de fuzis foi em março de 2010 quando 2 homens que se apresentaram como pastores evangélicos foram presos com 7 fuzis 556.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
"Respiradores salvam vidas e essa é nossa meta", diz Neno Razuk em pedido de recursos para compra
CRIME AMBIENTAL
PMA autua pecuarista desmatamento dentro da Unidade de Conservação de Proteção Ambiental
BRASIL
Covid-19: em uma semana, mortes aumentam 8% e casos 6%
CASSILÂNDIA
Polícia Militar tira de circulação mais um foragido da justiça