segunda, 22 de julho de 2024
Ponta Porã

Ponta Porã realiza mutirão para combater aedes aegypti

10 dezembro 2015 - 12h55Por Fonte: poranews
Secretária Municipal de Saúde de Ponta Porã e da coordenadoria do setor de vetores e endemias, está realizando um verdadeiro mutirão para combater os criadouros e ao mosquito “aedes aegypti”, transmissor de doenças como a dengue, o zika vírus e a febre chikungunya.

Os agentes de endemias e vetores estão orientando a população com cartilhas ilustrativas de prevenção e combate ao mosquito nos bairros e centro da cidade. Esta semana os agentes estiveram intensificando nos bairros Alegrete, Salgado Filho, Jardim das Rosas e nesta quarta-feira, dia 9, os agentes estiveram intensificando em todo o bairro “Altos da Glória” distribuindo sacos de lixo e orientando os moradores para remoção de criadouros e colocarem os entulhos e lixo nas calçadas, que através de uma parceria com a Secretaria de Obras os caminhões irão passar recolhendo esses lixos.

BORRIFAÇÃO

O trabalho de borrifação será intensificado em toda cidade, os trabalhos de visita de rotina dos agentes de endemias e vetores também continuam normalmente em toda cidade, principalmente nos bairros, com orientação para eliminar o mosquito.

ÁREA CENTRAL E COMÉRCIO

Nesta sexta-feira, dia 11, os agentes estarão distribuindo as cartilhas ilustrativas de prevenção e combate no semáforo da área central em frente aos correios e visitando todo o comércio da área central da cidade.

SANGA PUITÃ

No dia 15/12, terça-feira, os agentes estarão realizando o mutirão no distrito de Sanga Puitã, distribuindo as cartilhas e orientando os moradores a combaterem o mosquito “aedes aegypti”.

PONTA PORÃ E PEDRO JUAN CABALLERO

Os trabalhos de parceria estão sendo intensificados em toda fronteira com empenho de ambas as cidades no combate ao mosquito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Início de operação da fábrica de Ribas do Rio Pardo consolida MS como vale da celulose

ECONOMIA

Mercado voluntário de carbono no Brasil recua em 2023

Dados são do Observatório de Bioeconomia da FGV

BRASIL

Conab recebe mais R$ 115 milhões para apoio à comercialização da agricultura familiar

DIREITOS HUMANOS

Cimi: políticas públicas ainda não frearam violência contra indígenas

Relatório cita fortalecimento e retomada de ações de fiscalização