sexta, 23 de fevereiro de 2024

Erradicação do trabalho Infantil - Prefeitura e MPT desenvolvem parceria em Ponta Porã

Erradicação do trabalho Infantil - Prefeitura e MPT desenvolvem parceria em Ponta Porã

03 maio 2012 - 15h44
Divulgação (TP)

Uma parceria envolvendo a Prefeitura de Ponta Porã, através da Secretaria Municipal de Educação, com o Ministério Público do Trabalho, MPT, resultou no desenvolvimento de um projeto que visa promover ações conjuntas voltadas para debater nas escolas municipais temas relativos aos direitos da criança e do adolescente, especialmente a erradicação do trabalho infantil e a proteção ao trabalhador adolescente.

O projeto está sendo desenvolvido em 10 escolas municipais e envolve 689 alunos do 6° ano.


A secretária municipal de educação, Joelma de Fátima Moura, informa que o principal objetivo do projeto é intensificar o processo de conscientização da sociedade com vistas à erradicação do trabalho infantil e à proteção ao trabalhador adolescente. “Também estamos agindo, em parceria com o Ministério Público do Trabalho, para romper as barreiras culturais que dificultam a efetivação dos direitos da criança e adolescente e fortalecer o Sistema de Garantia de Direitos, com vistas à ampliação, quantitativa e qualitativa, das políticas públicas de atendimento à criança e ao adolescente”, afirma.


De acordo com Elizabete Ferreira de Brito, coordenadora do projeto na Rede Municipal de Ensino de Ponta Porã, os professores já receberam a capacitação para desenvolver as atividades teóricas e práticas com os alunos.


Nesta quinta-feira, os coordenadores e diretores das escolas envolvidas no projeto receberam os materiais que serão trabalhados em sala de aula. São cartazes, gibis, cartilhas e as orientações metodológicas. “Elaboramos um calendário prevendo a realização das atividades do projeto que consiste na realização de 12 aulas de cidadania, 9 aulas de artes e 2 de língua portuguesa. A previsão é de que até o mês de setembro seja desenvolvido todo o cronograma estabelecido”, declarou Elizabete.


A secretária de educação informou ainda que está sendo agendada uma palestra com a Procuradora do Trabalho, Dra. Cândice Gabriela Arosio, do MPT. A atividade, prevista para este mês de maio, deverá se constituir na aula magna, abrindo oficialmente o projeto em Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Grupo vai subsidiar políticas de enfrentamento de mortes no trabalho

GERAL

Antropólogos propõem incluir povo indígena em debate sobre bioeconomia

GERAL

Estudo aponta impacto etnorracial no desenvolvimento infantil

GERAL

STF pode agendar audiências para debater revisão da Lei da Anistia