Menu
Busca segunda, 14 de junho de 2021

Professora Leny Antunes Klais foi entrevistada pela 91.5 FM

Professora Leny Antunes Klais foi entrevistada pela 91.5 FM

17 maio 2012 - 16h46
Redação - Dora Nunes

O programa FM em Notícias apresentado pelo jornalista Tião Prado na rádio 91.5 FM Cerro Corá recebeu a visita da vereadora Maria Leny Antunes Klais que em entrevista disse que surgiu a oportunidade de ser pré-candidata a prefeita de Ponta Porã, afirmando que gostaria de deixar claro de que não está indo contra nenhuma decisão do prefeito Flávio Kayatt, uma vez que o mesmo afirmou que seu nome poderia ser o plano B do partido e a partir desse princípio, a vereadora se colocou a disposição do PSDB.

Maria Leny afirmou que tem recebido muitos apoios, dentre os quais o do vereador e presidente da Câmara Dário Honório e do ex-secretario Léo Derzi.

“ Em Ponta Porã, quando se fala em liderança política, tem-se um respeito muito grande pelo nosso prefeito e quando o Dário e o Léo vem e me oferecem essa oportunidade de me lançar e me ajudar nessa caminhada, achei muito positivo dentro do nosso partido, o PSDB, pois tanto a diretoria quanto a executiva, podem mostrar sua visão, e através de líderes como o Dário Honório e o Léo Derzi, vimos que há uma possibilidade muito grande de se fazer a diferença em nosso município”, disse a vereadora Maria Leny.

A vereadora falou que a credibilidade que veio junto com a avaliação do vereador Dário Honório e do Léo Derzi, a avaliação do que se foi feito dentro da educação e a visão de administração, trouxe um conjunto que fez bem aos olhos do povo de Ponta Porã.

Questionada se estaria preparada para ser candidata a prefeita, Maria Leny respondeu que tem a visão do “todo” e não só da educação, onde a administração do prefeito Kayatt foi um exemplo a ser seguido e existe a idéia de continuidade com qualidade, uma vez que quem for eleito na convenção terá o aval e o apoio de Flávio Kayatt. “ Não é vaidade, é porque olhamos de forma diferente para o nosso povo, então muitos comerciantes, empresários em geral, pessoas ligadas à educação, à saúde, autônomos, todos vieram conversar comigo disponibilizando os seus apoios nessa caminhada” comentou a vereadora, complementando que ainda não viu nenhuma pesquisa, mas a sua disposição em enfrentar o pleito veio das muitas pessoas que afirmaram terem votado em seu nome nas pesquisas.


Falando sobre a convenção do PSDB onde terá o seu nome e o do ex-secretario de obras Hélio Peluffo Filho, Leny afirmou que por causa do pleito democrático, é justo e legítimo a apresentação dos dois nomes. “Quero afirmar que se o escolhido na convenção for o Hélio, eu quero trabalhar com ele e caso seja eu, quero que ele trabalhe comigo e o que for decidido na convenção será acatado, isso é maturidade e acredito na coesão do nosso grupo”, ressaltou Maria Leny Antunes Klais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Embrapa Agropecuária Oeste faz 46 anos e Neno Razuk parabeniza trabalho de pesquisa no MS
SAÚDE DO HOMEM
SES realiza capacitação para profissionais da Atenção Primária de Saúde
INOCÊNCIA
Polícia Militar prende homem por perturbar a tranquilidade e danificar carro de pai idoso
JUSTIÇA
Barroso suspende quebra de sigilo de dois servidores da Saúde em CPI