Menu
Busca segunda, 02 de agosto de 2021
LEGISLATIVO

Projeto prevê notificação de casos de violência autoprovocada

04 março 2021 - 14h45Por ALEMS

O deputado Lidio Lopes (Patri) apresentou o Projeto de Lei  47 de 2021, o qual dispõe sobre a notificação compulsória nos casos de violência autoprovocada, incluindo tentativa de suicídio e automutilação no âmbito do estado de Mato Grosso do Sul.

A intenção, conforme o autor, é estabelecer a notificação compulsória de episódios de violência autoprovocada, para que os serviços de saúde e ensino notifiquem às autoridades sanitárias quando atenderem estes casos, permitindo um melhor controle epidemiológico e atuação rápida e eficaz de informação, principalmente quando as vítimas forem crianças ou adolescentes.

“A violência autoprovocada é um comportamento sugestivo de um estado intenso de sofrimento, com o objetivo de alívio emocional ou de autoextermínio. É importante a distinção entre os tipos de violência autoprovocadas, pois, ao contrário do que muitos imaginam, nem sempre é uma tentativa de suicídio, na maioria dos casos o que ocorre é a automutilação”, explica Lidio Lopes na justificativa da proposta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
País pode ser principal player para investimentos verdes, diz ministra
JUSTIÇA
Ex-presidentes do TSE divulgam nota em defesa do processo eleitoral
SAÚDE
Secretaria Estadual de Saúde pode ampliar grupos prioritários de vacinação
REGIÃO
PMA autua empresa mato-grossense por transporte ilegal de madeira e apreende carreta e carga