Menu
Busca segunda, 12 de abril de 2021
MS

“S.(AR)A.H” hoje, às 20h, no Studio Blanche Torres

21 novembro 2014 - 07h21Por Fonte: douradosagora
O espetáculo de dança contemporânea “S.(AR)A.H” da Arado Cultural, será encenado hoje às 20h no Studio Blanche Torres. A apresentação com entrada gratuita integra a turnê que acontece neste fim de semana.

“S.(AR)A.H” que foi contemplado pelo prêmio Célio Adolfo de Incentivo à Dança 2014 da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, aborda o amor intenso presente nas obras dos dramaturgos Sarah Kane e Antonin Artaud, em especial os textos Psicose “4h48” e o “Teatro da Crueldade”. Não há narrativa e nem personagens estabelecidos. O amor e seus desdobramentos são os vetores emocionais utilizados para a criação dos movimentos que reverberam nos corpos dos intérpretes Renata Aspesi e Thomás Basso.

A bailarina Renata Aspesi atuou no cenário internacional e recebeu importantes premiações durante a carreira. De 1996 a 1998, dançou na Europa, onde fez parte da companhia Euro City Ballet de Charleroi, na Bélgica. Logo após, morou em Campo Grande, onde trabalhou na Ginga Cia. de Dança e Cia. de Dança Isadora Duncan.

O espetáculo traz movimentos, estados corporais e relações entre os artistas são construídos e destruídos no palco e conduzem o público para um universo de sensações. Uma vídeo-arte criada pelos artistas Diana Junqueira, Marcela Biagigo e Milena Mendes traz imagens potentes. A trilha sonora de Laerte Mello, executada ao vivo, intensifica a atmosfera do espetáculo.

Além de Dourados, estão no roteiro de apresentações de Aquidauana no sábado e Corumbá, no domingo. A montagem acontece em conjunto com oficinas ministradas pela bailarina Renata Aspesi, com o músico Laerte Mello e o diretor Thomás Basso.

O workshop será realizado das 14h ás 17h em todas as cidades. “Sugerimos este tempo para que possamos percorrer as três fases da preparação do corpo abordadas no decorrer do processo criativo e será desenvolvido numa determinada sequência; nossa prévia experiência com relação ao procedimento educativo mostrou que quanto mais o participante conseguisse visualizar e se sentir inserido no processo criativo, mais ele vai se sentir convidado a participar daquele universo no momento da fruição do espetáculo e provavelmente se tornará mais próximo e atento ao que acontece no teatro de sua cidade”, adianta Aspesi. Podem participar das oficinas gratuitas atores e/ou bailarinos acima de 14 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
PMA de Aquidauana captura terceiro jacaré passeando pelas ruas da cidade neste ano
INTERNACIONAL
China quer trabalhar com o Brasil para promover parceria estratégica
FÁTIMA DO SUL
PMA fecha serralheria por emissão de sons acima do previsto em lei prejudicando a vizinhança
AÇÃO DE GOVERNO
Ritmo das obras intensifica no Estado, com mais de 80 trabalhos só na área urbana