segunda, 22 de julho de 2024
Ponta Porã

Secretaria de Obras vistoria obra de acesso a rua Paraguai

30 novembro 2015 - 09h15Por Assessoria

A obra de construção de uma via de acesso a rua Paraguai atrasada em virtude das chuvas que vem atingindo Ponta Porã, terá continuidade assim que o clima contribuir. A informação foi dada nesta sexta-feira pelo secretário municipal de Obras e Urbanismo, Agnaldo Miudinho, que esteve no local fazendo vistoria acompanhado do prefeito Ludimar Novais (PDT) e do secretário de Governo, Eduardo Campos, além de engenheiros e técnicos.

Durante a visita, o prefeito Ludimar aproveitou para conversar com os comerciantes das imediações, com os taxistas e também com populares que diariamente freqüentam o local. O objetivo da Prefeitura Municipal é urbanizar toda a volta do centro comercial, para garantir um lugar agradável para quem trabalha e, principalmente, para os visitantes que diariamente vão ao local para fazer compras.

A abertura do acesso faz parte do projeto de reordenamento do trânsito de Ponta Porã. A via está sendo aberta na Praça Lício Borralho, esquina com a rua Tiradentes. No local também será construído um calçadão, o que vai garantir melhor fluxo de veículos e segurança para os pedestres que diariamente passam pela região central da cidade.

Quando a extensão de acesso estava praticamente pronta para receber a pavimentação asfáltica, começou a brotar água em alguns pontos, o que levou os engenheiros a fazer novos estudos para evitar problemas futuros. Logo depois começou período de chuvas fortes, provocando alagamentos o que resultou no atraso da obra.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Início de operação da fábrica de Ribas do Rio Pardo consolida MS como vale da celulose

ECONOMIA

Mercado voluntário de carbono no Brasil recua em 2023

Dados são do Observatório de Bioeconomia da FGV

BRASIL

Conab recebe mais R$ 115 milhões para apoio à comercialização da agricultura familiar

DIREITOS HUMANOS

Cimi: políticas públicas ainda não frearam violência contra indígenas

Relatório cita fortalecimento e retomada de ações de fiscalização