quinta, 18 de julho de 2024
Saúde

Teste rastreia câncer de colo e reduz mortes em 20%

19 dezembro 2015 - 06h51Por Fonte: douradosagora
Testes realizados para rastrear câncer de ovário em uma grande população ajudou a reduzir o número de mortes pela doença em cerca de 20%, aponta um novo estudo.

A pesquisa, publicada na revista médica "The Lancet", avaliou a eficiência de um exame de sangue anual para detecção desse tipo de tumor por screening (rastreamento), usado junto com ultrassom transvaginal.

Mais de 200 mil de mulheres no Reino Unido foram acompanhadas durante 14 anos para a pesquisa, sendo que metade delas não fez nem o ultrassom nem o teste. O método usado para detectar sinais de câncer de ovário no sangue detectava uma molécula conhecida pela sigla CA125, que sinaliza a presença do tumor.

Segundo o estudo no "The Lancet", caso a eficiência no uso do screening ganhe comprovação definitiva, será um passo importante no combate ao câncer de ovário, que não tem muitos sintomas nos estágios iniciais. Por começar sem muitas pistas, a doença acaba em geral sendo descoberta tardiamente, e 60% dos pacientes morrem em até cinco anos depois do diagnóstico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONSUMIDOR

Projeto proíbe plataformas de streaming de limitar acesso apenas à residência do usuário

MEIO AMBIENTE E ENERGIA

Projeto de lei inclui plantio de árvores, jardins e hortas entre as medidas socioeducativas

GERAL

Comissão do governo vai definir regras para transporte aéreo de pets

AGROPECUÁRIA

Proposta define regras para rotulagem da carne bovina