Menu
Busca sexta, 23 de abril de 2021
MS

TJ nega liberdade a vereadores e assessores presos em Navirai

19 novembro 2014 - 10h26Por Fonte: douradosagora
O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul negou liberdade para os dez presos durante a Operação Atenas. A ação foi desencadeada no dia 8 de outubro pela Polícia Federal, junto à Câmara de Vereadores de Naviraí.

Continuam presos, o presidente da Câmara Cícero dos Santos (Cicinho do PT), os vereadores Marcus Douglas Miranda (em prisão domiciliar por ser advogado), Adriano José Silvério e Carlos Alberto Sanches (Carlão), Solange Melo que renunciou ao cargo, os ex-assessores da Câmara Wagner do Nascimento, Rogério dos Santos Silva e Tiago Caliza da Rocha, Carlos Brito de Oliveira (Baiano), que prestava serviços de sonorização e produção de vídeo para a Câmara, e a empresária Mainara Gessika Malinski, mulher de Cícero dos Santos, que está no presídio feminino de Jatei, juntamente com Solange Melo, hoje ex-vereadora.

Os vereadores Gean Carlos Volpato, Elias Alves e Vanderlei Chagas, também afastado no início do mês, assim como as dez pessoas que estão presas, são réus na ação penal com base na investigação da Polícia Federal.

De acordo com a Justiça, o grupo é acusado de corrupção passiva, organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e fraude em licitação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Camionete que seguia para Campo Grande com mais de uma tonelada de maconha foi recuperada pelo DOF
ECONOMIA
Micro e pequenas empresas podem pagar Simples com Pix
MEIO AMBIENTE
PMA realiza orientação em 61 propriedades rurais em prevenção aos incêndios
ECONOMIA
Prazo para contestar auxílio emergencial negado no dia 10 acaba hoje