Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
CARBONERA - JULHO, AGOSTO E SETEMBRO
SAÚDE

Líder na vacinação, MS é destaque na imprensa nacional

13 julho 2021 - 18h00Por SESMS

O Mato Grosso do Sul colhe os frutos do excelente trabalho realizado para o enfrentamento à Covid-19. Com mais de 2 milhões de doses aplicadas e alcançar as marcas de 70,4% da população acima de 18 anos total ou parcialmente vacinada com ao menos uma dose e 36,89% da população totalmente vacinada. Dados de levantamento nacional classificou o Estado como o que mais vacinou proporcionalmente sua população contra o Coronavírus. Devido ao bom desempenho, o Estado foi destaque na imprensa nacional pelo Jornal O Globo, nesta terça-feira (13).

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, o resultado é fruto do esforço coletivo e da unidade criada entre o Governo do Estado e os 79 municípios. “São 59 mil profissionais da saúde que estão envolvidos na campanha de vacinação. Esses profissionais são verdadeiros guerreiros que estão se dedicando em imunizar a nossa população. Parabenizamos a todos os envolvidos”.

A excelente performance do Estado foi destacada pelo jornal carioca que atribuiu os bons resultados a rápida distribuição dos imunizantes em até 12 horas para os 79 municípios. E que considerou o Estado com o mais alto percentual de doses aplicadas com índice de 94%. Lembrou ainda do incentivo financeiro concedido pelo Estado aos municípios em forma de estímulo à vacinação com valor a ser repassado até dezembro de R$ 5,8 milhões.

A ‘busca ativa’ para quem ainda não foi vacinado foi outro ponto lembrando pela reportagem, cuja a ação tem impactado de forma positiva nos resultados. Geraldo Resende destacou que o Estado tem feito trabalho em outras frentes, como a criação de uma força-tarefa para imunizar 90% da população indígena do Estado.

O efeito das medidas restritivas também foi lembrado pelo jornal bem como o estudo realizado nos 13 municípios de fronteira com a vacina Janssen, que contribuiu para a elevação do percentual de vacinados parcial ou totalmente em 90%.

Apesar dos excelentes resultados, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, reforça que ainda não é o momento de baixarmos a guarda e que é preciso seguir as medidas de biossegurança como: o uso de máscaras, higienização das mãos e o distanciamento físico. "E se chegar a sua vez, vacine"!

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Dívida Pública sobe 1,57% em agosto e aproxima-se de R$ 5,5 tri
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul recebe mais 65.150 doses de vacina contra a Covid-19
NOTÍCIAS
TJ implementará 100% do retorno dos serviços presenciais no dia 18 de outubro
LEGISLATIVO DE MS
Neno Razuk recebe moção de agradecimento por destinação de emenda à Itaquiraí