Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
ESPORTES

Com time misto, Fluminense perde para o Boavista no Maracanã

02 fevereiro 2020 - 12h00Por Midiamax

Com time misto, o Fluminense perdeu para o Boavista por 1 a 0 neste sábado, no Maracanã, e viu acabar os 100% de aproveitamento na Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. A equipe desentrosada e pouco interessada na partida pouco criou e saiu de campo derrotada após vacilo do setor defensivo.

O Fluminense agora volta as atenções para a estreia na Copa Sul-Americana. Na terça-feira, o time tricolor receberá o Unión La Calera, do Chile, no Maracanã, no jogo de ida da primeira fase. Pelo Carioca, o próximo jogo será no domingo, no clássico com o Botafogo, novamente no Maracanã.

Os comandados de Odair Hellmann estão em situação tranquila no Estadual. Lideram o Grupo B com 12 pontos, faltando uma rodada para o fim da fase inicial. O Boavista deu um passo importante em busca da classificação à semifinal e agora está na ponta do Grupo A com 10 pontos, três a mais do que o Flamengo.

As quatro vitórias nas quatro primeiras rodadas do Carioca deram tranquilidade a Odair Hellmann, que optou por poupar alguns de seus principais jogadores. Começaram no banco de reservas o meia Nenê, o zagueiro Luccas Claro, o lateral-esquerdo Egídio, o volante Henrique, o atacante Matheus Alessandro e Lucas Barcellos.

Do outro lado, o Boavista veio com força máxima e um elenco com jogadores que já vestiram a camisa do Fluminense, como Fernando Bob, Tartá, Wellington Silva e Elivelton. Diante da fragilidade do adversário e o Fluminense com uma equipe desentrosada, o jogo foi fraco especialmente no primeiro tempo.

A primeira chance clara do Fluminense aconteceu somente aos 28 minutos. Yago recebeu livre na área, mas chutou em cima do goleiro Klever. Faltava criatividade ao Fluminense. Yago Felipe, Gabriel Capixaba e Miguel pouco participavam do jogo.

No segundo tempo, o Boavista aproveitou do desinteresse do Fluminense, foi para cima e abriu o marcador. Aos 14, Jefferson fez boa jogada pela direita e rolou no meio da área para Caio Dantas, que apareceu livre e bateu para as redes.

Atrás no marcador, Hellmann tirou os titulares do banco e mandou para o jogo. Entraram Matheus Alessandro, Michel Araújo e Nenê. O time melhorou, mas isolou duas boas chances. Quase que na sequência, Nenê e Yago receberam livre, mas isolaram para a arquibancada. O Boavista recuou nos minutos finais e conseguiu segurar a pressão. Nenê ainda cobrou falta com perigo, mas Klever mandou para escanteio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Produtividade: Magistrados de MS proferem mais de 77 mil sentenças em teletrabalho
GERAL
INSS divulga resultado da seleção de servidores temporários
CIDADES
Mato Grosso do Sul está em alerta para tempo seco e baixa umidade relativa do ar
SAÚDE
Com mais 94 confirmados, Mato Grosso do Sul passa para 1.356 pacientes com coronavírus