Menu
Busca quinta, 13 de maio de 2021

Se não quer pressão, vai trabalhar no Banco do Brasil, diz Felipão

Se não quer pressão, vai trabalhar no Banco do Brasil, diz Felipão

29 novembro 2012 - 14h10
Uol

Logo em sua primeira entrevista coletiva no retorno ao cargo de técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari já mostrou que continua com a língua afiada e provocativa.

Ao ser questionado sobre a inexperiência da atual equipe nacional e a pressão que os jovens jogadores podem sentir na Copa-2014, o treinador citou um banco concorrente a um dos principais patrocinadores da seleção, o Itaú.

"Se não quer pressão é melhor não jogar na seleção, vão trabalhar no Banco do Brasil, num escritório", disse Felipão. "Se o jogador entrar sem pressão, pensando que o objetivo seja apenas jogar a Copa... Tu não achas que nossos jogadores não sabem da importância de conquistar o título em casa?", completou o técnico do penta, em 2002.

O Banco do Brasil classificou como "infeliz" a declaração do treinador, mas aproveitou para dar uma cutucada usando o vôlei.


Felipão anunciou que seu auxiliar-técnico na seleção continuará sendo seu escudeiro Flávio Murtosa e o preparador físico a ser convidado para a função será Paulo Paixão, hoje no Grêmio. A psicóloga a ser convidada para trabalhar na seleção vai ser Regina Brandão.

O comandante da seleção também falou sobre a importância de Neymar para a equipe. O atacante do Santos não está na lista do três melhores do mundo divulgada pela Fifa, nesta quinta, mas Felipão o comparou a Messi e Cristiano Ronaldo, do Barcelona e Real Madrid, respectivamente. O terceiro escolhido pela Fifa foi o companheiro de Messi, o meia espanhol Iniesta.

"Temos um craque, sim. Neymar está entre os três melhores. E não sei se [o português Cristiano] Ronaldo não é melhor que o Messi. Eu acho que sim", afirmou Felipão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Polícia Militar prende dupla por porte de droga em frente a escola
SAÚDE
Fiocruz: quatro estados mostram tendência de alta de covid-19 e SRAG
CRIME AMBIENTAL
PMA apreende bitrem com 54 m³ de madeira ilegal descarregando em madeireira e autua proprietário
LEGISLATIVO
Neno Razuk destina emenda parlamentar de R$80 mil para saúde de Dourados