Menu
Busca quinta, 13 de maio de 2021

Tite evita falar sobre chance na seleção

Tite evita falar sobre chance na seleção

27 novembro 2012 - 15h40
Midiamax

A vaga de técnico da seleção brasileira será ocupada em janeiro. Antes da decisão do novo técnico, o presidente da CBF, José Maria Marin, virou chefe da delegação do Corinthians no Mundial do Japão. A presença do dirigente no cotidiano alvinegro no Japão, em dezembro, não é vista por Tite como um fator que possa ajudá-lo a estar na seleção no próximo ano.

Indagado em coletiva desta terça-feira sobre um eventual contato com Marin no hotel em que o Corinthians ficará hospedado, Tite minimizou. “Trato isso com naturalidade. É claro que naturalmente vamos nos encontrar. Mas ele vai estar com o Mario Gobbi (presidente do Corinthians). Mas minha opinião é de que o Corinthians tem que fazer um baita jogo contra o São Paulo e um baita Mundial", afirmou o técnico.

"Há de oito a dez técnicos com condições de dirigir a seleção. A grande diferença minha para os outros é que eu tenho o maior título possível ainda em disputa", falou Tite, se referindo ao Mundial de Clubes. "O que deixa o trabalho valorizado são as conquistas, e isso que credencia um treinador ao cargo", completou.

Tite é um dos cotados como candidatos ao cargo de técnico da seleção. Além dele, Luiz Felipe Scolari e Muricy Ramalho aparecem como favoritos a substituir Mano Menezes. Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, afirma que Felipão já estaria apalavrado com a CBF.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Polícia Militar prende dupla por porte de droga em frente a escola
SAÚDE
Fiocruz: quatro estados mostram tendência de alta de covid-19 e SRAG
CRIME AMBIENTAL
PMA apreende bitrem com 54 m³ de madeira ilegal descarregando em madeireira e autua proprietário
LEGISLATIVO
Neno Razuk destina emenda parlamentar de R$80 mil para saúde de Dourados