Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021

Ausências de chefes de Governo e de Estado não enfraquecem Rio+20

Ausências de chefes de Governo e de Estado não enfraquecem Rio+20

19 maio 2012 - 13h38
Agência Brasil

O embaixador André Corrêa Lago, chefe da Divisão de Política Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Ministério das Relações Exteriores, reafirmou ontem que as ausências de chefes de Governo e de Estado, na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, não diminuem a importância do evento.

"Isso não diminui a força da Rio+20. O que acontece é que a presença de chefes de Estado é algo que tem um simbolismo muito grande", observou Corrêa Lago, sobre as ausências do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e da primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel.

O embaixador disse que, por outro lado, mais de 100 chefes de Estado confirmaram a participação no evento, em junho, no Rio, entre eles, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad. "Claro que quanto mais melhor, na medida em que isso mostra um comprometimento", declarou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial
CAMPO GRANDE
Policiais civis prendem trio suspeito de tráfico
SAÚDE
Covid-19: 82% dos indígenas receberam 1ª dose, diz Ministério da Saúde
TEMPO
Terça-feira de sol, temperaturas em elevação e umidade do ar em queda