domingo, 03 de março de 2024

Ausências de chefes de Governo e de Estado não enfraquecem Rio+20

Ausências de chefes de Governo e de Estado não enfraquecem Rio+20

19 maio 2012 - 13h38
Agência Brasil

O embaixador André Corrêa Lago, chefe da Divisão de Política Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Ministério das Relações Exteriores, reafirmou ontem que as ausências de chefes de Governo e de Estado, na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, não diminuem a importância do evento.

"Isso não diminui a força da Rio+20. O que acontece é que a presença de chefes de Estado é algo que tem um simbolismo muito grande", observou Corrêa Lago, sobre as ausências do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e da primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel.

O embaixador disse que, por outro lado, mais de 100 chefes de Estado confirmaram a participação no evento, em junho, no Rio, entre eles, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad. "Claro que quanto mais melhor, na medida em que isso mostra um comprometimento", declarou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Sistema E-Crie de MS é avaliado pelo Ministério da Saúde para implementação em nível nacional

PEDRO JUAN

Tiroteio em residência atinge hospital e quatro brasileiros são presos

GESTÃO PÚBLICA

Curso capacitação de responsáveis técnicos do Precoce/MS já está disponível no site da Escolagov

GERAL

Matemática ajuda brasileiro a descobrir possível novo planeta