Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021

Campo Grande em números: população perto de 800 mil; mulheres são mais da metade

26 agosto 2011 - 08h05
Campo Grande em números: população perto de 800 mil; mulheres são mais da metade

Campograndenews

A capital de Mato Grosso do Sul completa 112 anos sem chegar a um milhão de habitantes, marca que ano a ano parecer estar cada vez mais perto. Até o ano passado, conforme o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), são 786.797 pessoas que moram na cidade que mescla características de metrópole e, por vezes, ares interioranos.

Segundo dados do instituto o número representa 123.176 novos moradores na última década. A população feminina segue maior que a masculina. São 405.464 mulheres contra 381.333. Elas representam 51,53% do total de habitantes.

Outro dado do IBGE mostra que, em 2010, 98,66% da população da Capital reside na área urbana.

O censo também aponta que a densidade demográfica aumentou de 81,97 habitantes para 97,22 habitantes por quilômetro quadrado.

levantamento aponta ainda que o Aero Rancho continua como o bairro mais populoso da Capital com 36.057 habitantes, em 2010, contra 23.411 pessoas em 2000.

O Nova Lima aparece em segundo lugar com 35.519 habitantes, seguido da Vila Nasser com 25.695. Na quarta posição está o bairro Centro-Oeste com 24.816 habitantes e, em quinto, o Santo Amaro possui 23.501 moradores. Na sexta posição aparece as Moreninhas com 22.701.

O censo do IBGE também destaca o Centro da Capital como o bairro com maior percentual de idosos: 18%. O número faz a região da Capital figurar entre os seis bairros de capitais do País na estatística.

O primeiro é o bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, com 26,9% de idosos entre a população.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Segunda etapa da vacinação contra influenza começa na próxima semana
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito e Iagro autuam dono de chácara em R$ 2,6 mil por criação ilegal de javalis
SAÚDE
Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose
Número representa 45% das prefeituras que responderam à sondagem
MS
Ex-marido acusado de feminicídio vai a júri popular