Menu
Busca sexta, 18 de junho de 2021

Consultor de empresas dá dicas de como investir dinheiro e melhorar a renda da família

Confira as opções e escolha a que mais combina com o seu perfil e com o valor a ser investido

21 maio 2012 - 07h30Por Correio do Estado
Ganhou um dinheiro extra e não pretende comprar nada especial, mas também não quer deixá-lo parado? O contador e consultor de empresas Celso Barbosa, que orienta pessoas físicas e jurídicas há mais de 20 anos, tem as soluções. Confira as opções e escolha a que mais combina com o seu perfil e com o valor a ser investido.

Poupança
Esta forma de guardar dinheiro pode ser encontrada em todos os bancos, com taxa de rendimento atual em 0,5% ao mês. Em algumas instituições, como o Banco do Brasil, ao abrir uma conta corrente, o cliente automaticamente abre uma conta poupança. Por isso, consulte seu banco para ver as facilidades existentes.

Recentemente, o governo atrelou a taxa de poupança à taxa do Sistema Oficial de Liquidação e de Custódia (Selic), a mesma que define os juros cobrados por todas as transações monetárias feitas no país. Enquanto a porcentagem, que é feita pelo Comitê de Política Monetária (Copom), estiver em 9%, como é hoje em dia, nada muda. Seu dinheiro ainda rende 0,5% ao mês. Mas, à medida que o governo reduz a taxa, sua poupança renderá menos. Mas você ao mesmo tempo tem menos juros sobre suas compras. No áudio é possível ouvir as dicas do consultor.

Mercado de ações
Para quem não tem medo de arriscar e está sempre atento às noticias do mundo financeiro, a bolsa de ações pode ser muito lucrativa. Mas, ao mesmo tempo, é perigosa. Qualquer sinal de crise ou mesmo rumores sobre a reputação da empresa podem afetar drasticamente o preço das ações. Ouça no final da matéria a avaliação de Celso.

Gostou desse tipo de investimento, mas tem medo de arriscar? Comece treinando. Vários sites na internet disponibilizam, gratuitamente, jogos online para os iniciantes na bolsa de valores. O dinheiro é de mentira, mas as cotações são reais. É ideal para se adaptar a esse mercado sem correr o risco de perder toda a aplicação.

Previdência privada
Quem pensa muito no futuro tem boas chances de gostar mais dessa modalidade de economia. Existem dois tipos. Na opção fechada, o trabalhador contribui com uma parte mensal do salário e a empresa banca o restante, valor que normalmente é dividido em partes iguais. Outras empresas, essas mais raras, bancam toda a contribuição. Já na previdência aberta, que é oferecida por seguradoras ou por bancos, o contribuinte banca tudo. Um dos principais benefícios dos planos abertos é a sua liquidez, já que os depósitos podem ser sacados a cada dois meses.

Para quem só conta com o salário e mesmo assim quer começar a investir, a orientação de Celso é poupar de 10% a 30% da renda total, desde que não faça falta. Dependendo do valor, ao final de pouco tempo é possível ter um bom dinheiro guardado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Neno Razuk solicita construção de um Pronto-Socorro no Hospital Regional de Ponta Porã
DIREITOS HUMANOS
Número de crianças vítimas de acidente de trabalho cresceu 30% em 2020
PGE
PGE publica resolução que padroniza compra e venda de imóvel
SAÚDE
Transmissão de doenças respiratórias está elevada em quase todo o país