Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021

Corpo de indígena leva 19 hs para ser removido de aldeia

24 agosto 2011 - 22h03Por Correio do Estado
Um adolescente indígena identificado como Junior Rios, de 14 anos, foi encontrado morto na terça-feira (23), por volta das 17h, na aldeia Lima Campo, que fica às margens da rodovia BR-463 em Ponta Porã.

Um conflito de competências entre a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), Polícia Civil e Polícia Federal, fez com que o corpo do adolescente que se matou enforcado em uma árvore ficasse pendurado por 19 horas até ser removido de aldeia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em janeiro
LEGISLATIVO DE MS
Quatro projetos devem ser apreciados na Ordem do Dia desta quarta-feira
COXIM
Polícia Civil resgata vítima de sequestro relâmpago e prende suspeitos
ECONOMIA
Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 21 milhões