sexta, 21 de junho de 2024

Corpo de indígena leva 19 hs para ser removido de aldeia

24 agosto 2011 - 22h03Por Correio do Estado
Um adolescente indígena identificado como Junior Rios, de 14 anos, foi encontrado morto na terça-feira (23), por volta das 17h, na aldeia Lima Campo, que fica às margens da rodovia BR-463 em Ponta Porã.

Um conflito de competências entre a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), Polícia Civil e Polícia Federal, fez com que o corpo do adolescente que se matou enforcado em uma árvore ficasse pendurado por 19 horas até ser removido de aldeia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VERDE/SUSTENTAVEL

Gretap: equipe do Governo de MS no Pantanal monitora áreas queimadas em busca de animais feridos

JUSTIÇA

Após voto de Toffoli, STF continua sem decisão sobre porte de maconha

GERAL

Sistema lucrativo sustenta desinformação científica nas redes sociais

DETRAN

Detran-MS inicia novo leilão com Honda CG 2023/24 e Kia Cerato em destaque