Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021

Corpo de indígena leva 19 hs para ser removido de aldeia

24 agosto 2011 - 22h03Por Correio do Estado
Um adolescente indígena identificado como Junior Rios, de 14 anos, foi encontrado morto na terça-feira (23), por volta das 17h, na aldeia Lima Campo, que fica às margens da rodovia BR-463 em Ponta Porã.

Um conflito de competências entre a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), Polícia Civil e Polícia Federal, fez com que o corpo do adolescente que se matou enforcado em uma árvore ficasse pendurado por 19 horas até ser removido de aldeia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: país tem 15,5 milhões de casos acumulados e 434,7 mil mortes
TECNOLOGIA
Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental de Bonito captura seriema com perna quebrada
AGEPEN
Por intermédio da Agepen, primeira certidão de nascimento digital de preso indígena é emitida em MS