Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021

Deputado pretende tornar crime ameaças realizadas por “flanelinhas"

Deputado pretende tornar crime ameaças realizadas por “flanelinhas"

30 janeiro 2012 - 14h00Por Midiamax
Suprir uma falha do Código Penal é o que pretende o projeto de Lei do deputado Federal Fábio Trad (PMDB), que torna crime qualquer tipo de ameaça realizada pelos “flanelinhas”, ou guardadores de carros aos proprietários de veículos.

De acordo com o deputado, o projeto entende como crime a ameaça, quando há a coação do motorista para efetuar pagamento, seja antes ou depois, para que o carro seja cuidado em vagas públicas.

Fábio Trad destacou que muitos, não todos, que vivem desta ocupação vivem utilizam a gorjeta para o consumo de drogas. “Além disso, existem disputas de grupos já organizados para dominar espaços públicos”.

Trad também enfocou que em razão destas disputas há lesão corporal e homicídios. “A Câmara de Deputados deve dar condições para a Polícia agir de forma preventiva e repressivamente”.

Trabalho

O deputado Fábio Trab ressaltou que o projeto quer tornar crime apenas as ameaças, mesmo quando ocorrem de forma mais leve. “O flanelinha que não comete ameaças não será prejudicado. O projeto aumenta a pena da ameaça contra o proprietário do veículo”.

Fiscalização

O projeto dará instrumentos para que a Polícia faça a fiscalização, seja de forma preventiva ou provocada por meio do telefone 190. “O ideal seria que a atuação fosse regulamentada”.

Segundo Trad, no Distrito Federal é regulamentado por uma organização e seria uma alternativa. “Espero que o projeto de Lei tenha êxito na Câmara”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GUIA LOPES DA LAGUNA
PMA prendem e autuam infrator por pescar utilizando petrecho ilegal, onde a pesca é proibida
OUTUBRO ROSA
Com foco na prevenção, Conselho leva mulheres com deficiência para realizar exames
OPERAÇÃO PROLEPSE
PMA autua 128 infratores, aplica 33 milhões em multas e realiza orientação em 740 propriedades
POLÍTICA
Projeto destina 10% de vagas no Sine para mulher vítima de violência