sexta, 23 de fevereiro de 2024

Dia de campo vai expor nova tecnologia na produção de milho

Dia de campo vai expor nova tecnologia na produção de milho

17 maio 2012 - 14h18
Divulgação (TP)

Os produtores rurais da fronteira terão, neste sábado, uma grande oportunidade para a mais moderna tecnologia para combater as pragas do milho, aumentando a produtividade. a empresa Produfertil, em parceria com a Dow AgroSciences, estará promovendo um dia de campo na Fazenda Santônio II, no Capeí.

O evento será realizado a partir das 8 horas de manhã, com encerramento previsto para as 14 horas, na propriedade localizada às margens da BR 463. mais de 100 produtores rurais de Ponta Porã e dos municípios vizinhos estão sendo esperados.

Na oportunidade serão apresentados os novos lançamentos da linha de milho Power Core. o engenheiro agrônomo José Luiz Caffarena, informou que o dia de campo será marcado pelo repasse de informações aos produtores sobre a mais nova tecnologia para produção de milho. “Este dia de campo é feito em apenas cinco localidades brasileiras. Ponta Porã, pelo grande potencial agrícola que possui, foi escolhida para sediar o evento que terá a presença dos técnicos da Dow Agro Sciences. Estaremos proporcionando aos produtores rurais o acesso aos mais modernos recursos de produção de milho existentes na atualidade”, garantiu.

A Dow AgroSciences é uma empresa multinacional que investe em pesquisa e tecnologia contribuindo significativamente para o aumento da produtividade agrícola no mundo.


POWERCORE é a nova tecnologia da Dow AgroSciences para o controle das pragas do milho.

Segundo a empresa, o produto, que estará disponível no mercado a partir do final deste ano, proporcionará um aumento na produtividade das lavouras de milho entre 5% e 10%, dependendo do nível tecnológico da plantação e condições climáticas.

“Por meio de seus múltiplos modos de ação, esta nova tecnologia alia o controle de algumas das principais pragas do milho, como a Lagarta-do-cartucho, Broca-do-colmo, Lagarta-da-espiga, Lagarta-elasmo e Lagarta, à tolerância a dois tipos de herbicida, o glifosato e glufosinato”, explica Rolando Alegria, Diretor de Sementes e Biotecnologia no Brasil
De acordo com ele, o POWERCORE é o primeiro evento com cinco genes estaqueados para a cultura de milho aprovado no Brasil pela CTNBio (Comissão Técnica Nacional de Biossegurança) e ratificado pelo CNBS (Conselho Nacional de Biossegurança).

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL

Correios distribuirão provas do Concurso Unificado

ECONOMIA

Vendas do Tesouro Direto sobem 13% em janeiro

INFRAESTRUTURA

Governo de MS mantém ações voltadas ao desenvolvimento de Ponta Porã

SAÚDE

Grupo vai subsidiar políticas de enfrentamento de mortes no trabalho