Menu
Busca terça, 11 de maio de 2021

Endividamento das famílias fica estável em novembro, aponta CNC

Endividamento das famílias fica estável em novembro, aponta CNC

28 novembro 2012 - 17h40
Agência Brasil

O percentual de famílias brasileiras com dívidas chegou a 59% em novembro, apresentando ligeira queda na comparação com outubro, quando foi de 59,2%. O dado faz parte da Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada hoje (28) pela Confederação Nacional do Comércio (CNC). Em novembro do ano passado, o índice foi o mesmo – 59%.

As dívidas pesquisadas são referentes a cheques pré-datados, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, empréstimo pessoal e prestação de carro ou de seguro. A pesquisa demonstrou também que houve um pequeno aumento no número de famílias com dívidas ou contas em atraso, que foi de 20,5% em outubro e 21% em novembro. Em novembro de 2011, o percentual era de 20%.

Já as famílias pesquisadas que disseram não ter condições de pagar as dívidas foi de 6,8% em novembro, comparado a 7% em outubro e a 7,3% em novembro de 2011. O percentual de famílias que se declararam muito endividadas passou de 11,7% em outubro para 12,1% em novembro, registrando alta de 0,4 ponto percentual. O índice, porém é bem menor se comparado com novembro de 2011, quando atingiu 16%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: estados pedem manutenção de financiamento de leitos de UTI
PONTA PORÃ
Após denúncia Polícia Militar apreende contrabando de cigarros em veículo
SAÚDE
EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos
POLÍTICA
Guedes diz que reforma administrativa será moderada