Menu
Busca domingo, 09 de maio de 2021

Entrega de troféus e grande coro encerraram o III Encontro Nacional de Corais

Entrega de troféus e grande coro encerraram o III Encontro Nacional de Corais dos TC’s

04 dezembro 2012 - 14h00
Divulgação (TP)

Ao encerrar às atividades do III Encontro Nacional de Corais dos Tribunais de Contas, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, na manhã de sábado (01/12), o conselheiro corregedor do TCE-MS, Ronaldo Chadid participou da cerimonia fazendo a entrega dos troféus e certificados aos regentes e coordenadores de cada coral. Ao final, os integrantes de todos os corais formaram um Grande Coro. Cantaram “O Belo”, no arranjo de Ricardo Franzini e “Uma Benção Antiga” de Denes Agay.

Na ocasião o conselheiro afirmou que é papel do poder público, especialmente dos tribunais de contas promover ações culturais. “A criação e a manutenção dos corais sem sombra de dúvidas é uma forma de estreitar as relações, fortalecer as amizades e trocar experiências, de promover esse congraçamento que Mato Grosso do Sul está proporcionando neste momento”, afirmou.

O conselheiro lembrou ainda dos 18 anos em que a maestrina Reny Graeff Sudbrak esteve a frente do Coral do TCE-MS. “Ela, com seus argumentos, com seus encantamentos consegue a cada presidência que assume o nosso Tribunal, convence-los de que através da arte nós conseguimos trabalhar melhor”.

Ainda na manhã de sábado os corais dos estados do Amazonas e Mato Grosso fizeram as últimas apresentações do encontro. Com uma composição regional, o Coral do TCE-AM iniciou sua apresentação, regido pelo Profº Ahmed da Silva Assis, com “Não Mate a Mata”, seguida de “Al Shlosha D’Varim”, cantada em Hebráico, além de “Samba do Avião” de Tom Jobim e finalizando com “Amazônia” de Cezar Elbert.

Já o Coral do TCE-MT, tendo como regente o Profº Carlos Taubaté emocionou a todos cantando “João Valentão”, de Dorial Caymmi, “Jardim da Fantasia” de Paulinho Pedra Azul além de “Fato Consumado” de Djavan e “Chiquilin de Bachín” de Astor Piazzolla.

Sexta-feira - A programação da sexta-feira (30/11) começou às 19 horas e contou com a apresentação dos corais dos estados do Rio Grande do Norte, São Paulo, Ceará, Distrito Federal, Paraíba e Rio Grande do Sul.

A primeira apresentação da noite foi do Coral Canto de Contas do TCE-RN, que trouxe ao público presente a composição do artista regional Pedro Mendes “Linda Baby”, seguida de um pout-pourri da Jovem Guarda, que agitou a plateia, além de “Baião” de Luiz Gonzaga e “Feiticeira” de Carlos Alexandre, regidas pelo Profº Fábio Rogério Cruz.

Já o Coral dos Servidores do TCM-SP, regido pelo Profº William Guedes, presenteou o público com “Nada Será Como Antes” de Milton Nascimento. “Eu vou seguir” de Marina Elali, “Sina” de Djavan e “Sampa” de Caetano Veloso com direito a arranjo de “Ovelha Negra” de Rita Lee.

Na sequencia o Coral de Contas Terra da Luz do TCM-CE, brindou a todos com “O Pai Nosso Sertanejo”, “No Ceará é assim”, “Fascinação” e por fim a Profª Repegá Fermanian conduziu um pout-pourri composto por “Cintura Fina”, “Só Quero um Xodó” e “Numa Sala de Reboco”.

Regido pela Profª Claudia Costa, o Coral do TC-DF apresentou o pout-pourri Brasília, “I’ll Ask of You (Olha nos Meus Olhos)”, interpretação de Emílio Santiago, “Deus é Amor”, além da belíssima “Aquarela do Brasil” de Ari Barroso.

O Coral do TCE-PB, que tem como regente o Profº João Alberto Gurgel, encantou a plateia com “O Fortuna Imperatrix Mundi” de Carl Orff, “Flores” “Nessun Dorma” e “São João de Seu Lula” com arranjo de João Alberto Gurgel.

A última apresentação da noite ficou por conta do Coral do TCE-RS, que sob a regência da Profª Maristela Zancan apresentou “Liberdade” de Ronaldo Miranda, sobre um poema de Fernando Pessoa, “Canta Mais” de Tom Jobim e Vinicius de Morais, “Gaudêncio Sete Luas” e “I’m Gonna Sing”.


Aurélio Marques MTE/MS 869

Deixe seu Comentário

Leia Também

Região
PMA de Naviraí surpreende dois caçadores e apreende duas armas e munições escondidas
POLÍTICA
Bolsonaro faz passeio de moto em homenagem ao Dia das Mães
INFRAESTRUTURA
Abertura de novos corredores logísticos dará mais competitividade ao agronegócio de MS
BRASIL
Sinal digital de TV já chega a 90% dos brasileiros