Menu
Busca segunda, 10 de maio de 2021

Funcionário de fazenda é preso pelo furto de 180 cabeças de gado em MS

Funcionário confessou que vendia gado a outros produtores e corretores.

30 novembro 2012 - 16h20
G1 MS

O funcionário de uma fazenda em Selvíria, a 422 km de Campo Grande, foi preso pelo furto de aproximadamente 180 cabeças de gado. O dono dos propriedade rural descobriu que os animais tinham sumido no dia 27 de novembro, durante a vacinação contra aftosa. Na quinta-feira (29), o homem foi detido e confessou que havia vendido parte do gado.

De acordo com o delegado da Polícia Civil de Selvíria, Messias Pires, o funcionário trabalhava na área administrativa da propriedade. Ontem, após ser preso, confessou que há tempos negociava o gado do patrão e se apropriava dos valores recebidos. Os animais foram vendidos a produtores rurais da região e corretores de gado.

Segundo os policiais, após diligências, foram localizadas cerca de 100 cabeças de gado que teriam sido vendidas pelo funcionário e comparsas que “legalizaram” os documentos de transporte e abate.

Na casa do funcionário, os policias encontraram uma espingarda calibre 32 sem documentação. Ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma e teve prisão preventiva decretada em relação ao furto do gado. Outros suspeitos de envolvimento no crime estão sendo investigados pela polícia. O homem foi encaminhado para a Penitenciária de Segurança Média de Três Lagoas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MAUS-TRATOS
PMA de Bonito autua em R$ 2 mil homem de 24 anos que carregou e matou cachorro do irmão por vingança
CORONAVÍRUS
À Comissão da Covid-19 do Senado, Reinaldo Azambuja reforça importância de mais vacinas
NOVA ANDRADINA
Polícia Militar prende dois homens com R$ 700 reais em notas falsas
SAÚDE
Fiocruz investiga transmissão da covid-19 entre crianças e adultos