Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021

Horas depois de ser solto, ladrão volta à cadeia após roubar R$ 17 de idoso

Horas depois de ser solto, ladrão volta à cadeia após roubar R$ 17 de idoso

07 fevereiro 2012 - 13h25
Campograndenews

Solto na tarde dessa segunda-feira por determinação judicial, Abraão Justino Barros, 18 anos, foi preso na madrugada desta terça-feira após ter roubado R$ 17 de um idoso, em Campo Grande.

Abraão estava preso desde 28 de setembro do ano passado, quando foi flagrado tentando furtar um veículo. Ele tentava ligar o Gol quando foi preso.

Menos de três meses depois, em 3 de dezembro, a defesa do rapaz pediu a revogação da prisão preventiva. O MPE (Ministério Público Estadual) foi favorável e o juiz Juliano Rodrigues Valentim, da 2ª Vara Criminal, concedeu a liberdade.

Em seu despacho, o magistrado justifica a revogação da prisão: "de rigor a revogação da custódia cautelar do réu, uma vez que de fato a mesma não se mostra mais estritamente necessária”.

O juiz continua. “Com efeito, consta dos autos que o réu possui endereço fixo nesta comarca, sendo primário, tendo a instrução sido encerrada nesta data. Logo, não há risco de abalo a ordem pública, bem conveniência para a instrução criminal ou risco para a aplicação da lei penal. De mais a mais, em que pese a reprovável conduta do réu, certamente o quantitativo da pena a ser aplicado no caso de condenação e a primariedade não autorizará o regime inicial fechado”.

Para a manutenção da liberdade, Abraão foi compromissado a não mudar de município sem autorização judicial e a não se aproximar da vítima do crime pelo qual responde.

Roubo - O rapaz foi solto nessa segunda-feira e já na madrugada entrou na casa de um professor do ensino médio, de 63 anos, e roubou R$ 17.

O idoso contou à PM (Polícia Militar) que Abraão invadiu sua residência, na Vila Bandeirantes, e lhe disse, em tom de ameaça, que levaria sua bicicleta e R$ 20.

O professor entrou em briga com o ladrão, que fugiu levando R$ 17 e acabou preso minutos depois. Após pular muros de diversas casas, Abraão foi encontrado atrás de uma árvore, com R$ 2. Os outros R$ 15 perdeu durante a fuga.

O idoso recebeu atendimento médico na unidade de saúde do Guanandi e foi liberado. Abraão voltou à prisão.

Segundo a vítima, Abraão já havia furtado objetos de sua residência em 27 de setembro e de sua casa noturna oito dias antes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Presidente diz que valor de auxílio foi decidido com responsabilidade
DIREITOS HUMANOS
Morte violenta atinge 6,97 mil crianças e adolescentes por ano no país
LEGISLATIVO DE MS
Neno Razuk solicita a SES estudos para implantação de mutirão de vacinação contra COVID-19
POLÍTICA
CCJ da Câmara aprova suspensão de validade de concursos na pandemia